segunda-feira, 17 de fevereiro de 2014

Urge!
















(Imagem - Google - Projeto Conexões/www.catracalivre.com.br)




Urge!
Nova ótica de vivência!
Superar vida e obra estagnada!

Impregnar valores possíveis,
Entre o ficar e o ir.

Decidir sem indecisões,
Afinal, é uma decisão fatal.

Relativizar sentimentos...
Podar temores.

Preparar novas conexões.
Olhar com a íris da esperança...

Ampliar perspectivas,
Sem limitações,
Da liberdade acolhedora,
Que impulsione o viver e o morrer.

Ações diárias que ocorrem,
Mediante ações executadas e sofridas,
No humano de cada um de nós!
Urgem! 


Célia Rangel

8 comentários:

  1. Olá, Célia
    Bela reflexão..
    Angustia-me constatar pela ótica de vivência, o desinteresse pelo humano. Na raiz desse aparente ou real desinteresse, à meu ver, e num tempo de profundas transformações, devemos estar atentos aos valores humanos, espirituais e carismáticos necessários ...os pequenos gestos contam. É a partir dos detalhes que se constrói a grandeza da alma.
    Por enquanto, a decisão está em nossas próprias mãos. O destino dos perdidos estará nas mãos do Deus onisciente que julgará cada um segundo a condição de cada alma...
    Bom dia, obrigado pelo carinho, bela semana,beijos!

    ResponderExcluir
  2. Há necessidade de sair da mesmice e encarar as descobertas! abraços

    ResponderExcluir
  3. Urgência de tantas coisas! Precisamos mudar! bjs,chica

    ResponderExcluir
  4. Que lindo seu poema amiga Célia, viver é mesmo o eterno renovar, entusiasmo com a Vida, o tempo passa, mas sempre nos dá uma sensação de prazer quando se olha para trás e vê que tudo valeu, sim, tudo, dores, sofrimentos, até percebemos que tudo foi intenso somente enquanto vivido, depois que tudo passou percebemos que foi tudo muito bem vindo para o nosso fortalecimento, hoje se somos fortes, foi exatamente por isso, como ferro submetido a forja!
    Amei ler minha amiga poetisa!
    Abraços apertados!

    ResponderExcluir
  5. Poesia com atitude é raridade na internet, Célia. Gostei demais. Parabéns!

    ResponderExcluir
  6. Em cada decisão, há um ganho e uma perda. A vida nos pede coragem a cada momento. Boa reflexão.
    Abraço, Célia.

    ResponderExcluir
  7. Já passou mesmo do tempo de se modificar,buscar novos caminhos! Muito linda poesia,Celia! bjs,

    ResponderExcluir
  8. Olá Célia,

    Urge mesmo um novo olhar para nós próprios e para o mundo, despertar os verdadeiros valores da vida e renovar posturas e atitudes. Precisamos renascer para o que há de belo no ser humano e, principalmente, "olhar com a íris da esperança!...".

    Lindo!

    Ótimo dia.

    Beijo.

    ResponderExcluir

Seu comentário evidencia o seu 'pensar'.
Saiba que aprendo muito com você.
Obrigada, meu abraço,
Célia Rangel,
Autora responsável pelo blog.
Obs.: NÃO POSTAREI COMENTÁRIOS ANÔNIMOS.