terça-feira, 25 de março de 2014

Recolher para Amanhecer
















Amanhecer em um espasmo mental
sem saber dia, hora ou local
isso é fantástico!

Enveredar pelos labirínticos caminhos
sem saber onde vai chegar
pensar em quê(?) pra quê(?) por quem(?)

Abrir janelas da vida
purificando almas e corações
sem esperas algumas.

Percorrer espaços
ainda que da via crucis
mas com alma angelical.

Embebedar de amores
sabendo que em cada gesto
há a ternura de um “déjà vu”

Célia Rangel


16 comentários:

  1. Que lindo,Célia e tu, a cada dia mais inspirada! beijos,chica

    ResponderExcluir
  2. Começando pelo título, Recolher para amanhecer, já me passou uma deliciosa paz.
    Lendo a poesia, se completou.
    Nunca desistir, mesmo que haja tribulações.

    Lindo Célia.
    Beijos de um delicioso dia.

    ResponderExcluir
  3. Bom dia amiga Célia, lindo isso, acredito que seja a verdadeira liberdade de nossa alma, poder ser e viver sem mais nada a nos cobrar!
    Cada amanhecer é sempre de prazer, mais um dia, cada dia é único, estar conosco é maravilhoso!
    Abraços apertados!

    ResponderExcluir
  4. Cada dia é um novo amanhecer, pra gente recomeçar.

    bjokas =)

    ResponderExcluir
  5. Bom dia, Célia. Encantei-me com a tua poesia, belíssima!!!!!!!!!
    Quanta paz, ternura e relaxamento eu senti por aqui!
    O nosso estado de espírito quando está elevado e feliz encarará todas as passagens de nossas vidas que não sejam agradáveis, porque temos em nós a a serenidade que conduz nossos passos.
    Lindo demais!
    Parabéns!
    Beijos na alma!

    ResponderExcluir
  6. Você anda inspiradíssima pra poesia, Célia. Que safra ótima! Beijos!

    ResponderExcluir
  7. Uma arte: não programar, não controlar..apenas viver :)

    ResponderExcluir
  8. Célia, você me fez pensar em momentos de total relaxamento, com suas primeiras palavras. Aqueles em que se esquece de tudo, sem necessidade de escolhas. Os penamentos podem caminhar por onde quiserem, sem prejudicar nossa paz. Bjs.

    ResponderExcluir
  9. Cada gesto é um acordar ao amor que esta no ar! abraços

    ResponderExcluir
  10. Olá, queria Célia
    Percorrer a via sacra apara se chegar à felicidade...
    Bjm fraterno e quaresmal

    ResponderExcluir
  11. " Abrir janelas da Vida...
    Percorrer espaços...
    Embebedar de Amores..."

    Uma Poesia muito linda !

    ResponderExcluir
  12. Boooom dia *-* como vai?
    Escrito com muita meiguice, muito bom querida !
    Passando pra retribuir a visitinha e avisar que tem nova postagem no blog, confere?
    Beijos, Deus abençoe
    http://maybe-i-smiled.blogspot.com.br/
    Se tiver instagram segue? http://instagram.com/_larizinha

    ResponderExcluir
  13. E é o que fazemos todos os dias, recolhemos e amanhecemos.
    O importante é estar aberto à vida e ao amor.
    Lindo poema, cara amiga.
    beijos cariocas


    ResponderExcluir
  14. "Abrir as janelas da vida"... É isso, Célia! O segredo que não está sendo muito praticado.
    Abraço.
    Jorge

    ResponderExcluir
  15. Que bonito poema,Celia! É bom demais deixar-se levar pela vida de vez em quando! Bjs,

    ResponderExcluir
  16. É mesmo, porque tantos porquês, para que? Afinal, o que tem que ser será!!!!!! Beijos

    ResponderExcluir

Seu comentário evidencia o seu 'pensar'.
Saiba que aprendo muito com você.
Obrigada, meu abraço,
Célia Rangel,
Autora responsável pelo blog.
Obs.: NÃO POSTAREI COMENTÁRIOS ANÔNIMOS.