domingo, 13 de julho de 2014

Semear Sempre...






P a l a v r a s


Palavras são sementes:
antes de crescerem para cima,
em busca da luz do sol, do ar livre e do céu azul,
devem crescer para baixo,
buscando no solo úmido, frio e escuro,
os nutrientes que as fortalecem.

Palavras são plantas:
da mesma forma que estas
têm suas raízes fixas no ventre da terra,
aquelas têm sua força e autoridade
no terreno respeitoso da escuta.

Palavras são crianças:
umas são gestas no útero da Mãe,
outras no útero misterioso do Silêncio.

Palavras são pássaros:
depois de criarem asas, livres e soltos no ar,
jamais retornam ao ninho abandonado,
ampliando em espiral o raio de seus voos.

Palavras são janelas:
de igual maneira que o aproximar-se de umas,
abre os horizontes da paisagem,
o fato de conhecer o sentido das outras,
aprofunda o leque do conhecimento.

Palavras são águas:
deslizam e murmuram mansas nos vales,
fecundando o chão para o plantio;
precipitam-se e rugem bravias nos rochedos,
revelando suas energias ocultas.

Palavras são ventos:
aqui uma brisa leve e suave,
que dobra e acaricia as espigas maduras;
ali um furacão tempestuoso,
que tudo varre, devasta e destrói.

Palavras são flores:
ornamentam encontros, salas e festas
com suas formas, perfume e cores;
mas logo murcham, secam e morrem,
deixando no ambiente a dor de um vazio ou ausência.


Pe. Alfredo J. Gonçalves, CS
Akureyri, Islândia, 4 de julho de 2014


 (Colaboração: Ir. Lauro Daros, marista)

10 comentários:

  1. Lindas -palavras que valem uma bela reflexão! bjs, lindo domingo! chica

    ResponderExcluir
  2. Oi Célia linda poesia, devemos semear sempre e selecionar boas sementes para que possamos colher bons frutos.Que você tenha uma linda noite e que seu amanhecer seja abençoado e se estenda no decorrer da semana que inicia.
    Abraços, fica na paz de Deus.
    Lourdes Duarte
    http://filosofandonavidaproflourdes.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. OI CÉLIA!
    COM A PALAVRA, PODEMOS CONSTRUIR OU ARRASAR, QUE SAIBAMOS FAZER USO DELA SEMPRE PARA O BEM.
    UM BONITO TEXTO AMIGA.
    ABRÇS
    http://zilanicelia.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Palavras sao flores e vento....(lindo)

    Abçs

    ResponderExcluir
  5. O autor desse poema só podia ser um padre, Célia. O estilo é inconfundível e funciona perfeitamente. Beijos!

    ResponderExcluir
  6. Celia, que beleza de poesia escolheu para nós! Nas palavras toda uma alma em versos,adorei! bjs e boa semana,

    ResponderExcluir
  7. PALAVRAS são tudo isso : sementes,plantas , crianças, pássaros ,água, vento ... apresentadas num lindo Poema !

    ResponderExcluir
  8. Célia que lindo poema você nos traz, palavras são tudo isto mesmo, elas podem nos levar aos céus mas também podem nos jogar nos mais profundos abismos, beijos Luconi

    ResponderExcluir
  9. Leia Isaías 55, 19-11. Amo esta leitura. Beijos

    ResponderExcluir

Seu comentário evidencia o seu 'pensar'.
Saiba que aprendo muito com você.
Obrigada, meu abraço,
Célia Rangel,
Autora responsável pelo blog.
Obs.: NÃO POSTAREI COMENTÁRIOS ANÔNIMOS.