domingo, 3 de agosto de 2014

ESCAPE



História de nostalgia

Existência débil em emoções

Tem na leitura às madrugadas

O infinito olhar sufocante a percorrer

Mudança de perspectiva

Pensamento aberto

Fuga da verdade imposta

Absoluta coragem em um ritmo

Que envolva a novidade de viver

Tantas horas não marcadas

Pelo relógio do tempo na multidão

Se perde como um nada

À procura de um tudo

No luxo do escapismo...

 

Célia Rangel

 

14 comentários:

  1. Perfeita análise da "fuga modernosa" do cotidiano atual, exposto em poesia, para levar a gente à reflexão..
    .
    Produtiva semana, Célia.

    Meu abraço"

    ResponderExcluir

  2. à madrugada os voos poéticos! abraços

    ResponderExcluir
  3. Célia

    Se ESCAPE ou não, o poema dá uns bons momentos de poesia. Gostei bem de como está estruturado. É poema belo a teu modo.
    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Oi, Célia! Um pulinho pra fora da verdade imposta pode ser bom às vezes. Beijos!

    ResponderExcluir
  5. Muito lindo,Célia,Beleza d inspiração! bjs, ótima semana,chica

    ResponderExcluir
  6. Oi Célia querida, que lindo!!
    Tenha uma boa tarde de segunda, beijos e boa semana!!

    ResponderExcluir
  7. Nas leituras escapamos muitas vezes da realidade e viajamos para onde nossos pensamentos vão. Beijos

    ResponderExcluir
  8. Olá, Boa noite,Célia
    Eu adoro o silêncio que se instala em minha casa, nas madrugadas e com isso , poderia mergulhar ainda mais nos livros. Seria uma bela válvula de escape para visitar a fantasia...mas,não posso, na realidade, eu preciso acordar cedo no dia seguinte...
    sorry...se duplicou...minha net está lenta!
    Obrigado pelo carinho,bela semana , beijos!

    ResponderExcluir
  9. Boa tarde amiga Célia!!!
    E gosto de me escapar em determinados momentos...o céu pode até desabar que nem percebo...rsrsrsrs
    Feliz e Abençoada Semana!!!
    Bjokas...da Bia!!!

    ResponderExcluir
  10. Melhor não procurar muito. Mas, como não se trata de uma escolha, procuramos e nos perdemos muitas vezes. É a vida.
    Abraço!

    ResponderExcluir
  11. Celia, bom demais poder escapar nas leituras e viajar ao mundo da imaginação. Linda poesia! bjs,

    ResponderExcluir

Seu comentário evidencia o seu 'pensar'.
Saiba que aprendo muito com você.
Obrigada, meu abraço,
Célia Rangel,
Autora responsável pelo blog.
Obs.: NÃO POSTAREI COMENTÁRIOS ANÔNIMOS.