terça-feira, 19 de agosto de 2014

Respiração


Permita-se:

- Respirar a manhã que se descortina ante seus olhos

- Respirar a íntima ligação com o infinito

- Respirar é o compasso do existir até a finitude 

- Respirar com alegria eliminando angústias

- Respirar livre de suas preocupações

- Respirar descravizando as limitações

- Deixe que o Universo o/a respire

- Encontrará o sentido da vida plena


 

Célia Rangel

13 comentários:

  1. Se parássemos de fato e compreendessemos a importâncoia da respiração, a fariamos de maneira mais correta e profunda.
    Abração!

    ResponderExcluir
  2. Tem razão, cara amiga! É realmente muito importante permitir-se, e ainda mais respirar. Gostei muito!

    ResponderExcluir
  3. Oi Célia querida


    Adorei a postagem.
    Respirar como firma de libertação....

    Beijos
    Ani

    ResponderExcluir
  4. Boa tarde, Célia. Mas nem sempre temos a força para respirar, somos jogados ao canto triste dos nossos questionamentos, dúvidas sem solução e uma imensa tristeza, que parece ser a nossa segunda pele.
    Em momentos tranquilos, o respirar acentua a nossa felicidade, nos de ira, nos acalma, mas nos depressivos, parece não surtir tanto efeito, infelizmente.
    Muito bom.
    Tenha um dia de paz.
    Beijos na alma.

    ResponderExcluir
  5. Celia, bela poesia nos lembrando o quanto é preciso respirar,coisa que nem sempre fazemos com consciencia diante da correria da vida. Bjs,

    ResponderExcluir
  6. Olá, querida Célia
    Desacelerando pra poder respirar com calma e viver melhor...
    Bjm fraterno de paz e bem

    ResponderExcluir
  7. Ai de nós, Célia amiga, se deixarmos de respirar...

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  8. Célia, respirar, acho que até nos tira da ansiedade, adoro poder respirar bem fundo e sentir o ar saindo devagarinho, isso nos faz estarmos ligados em nós e percebermos que o ar é tudo o que precisamos, deixar que o Universo nos respire, lindo, amei!
    Abraços apertados linda amiga!

    ResponderExcluir
  9. Beleza e de muita importância! Obrigadão pelo carinho lá! bjs,m chica

    ResponderExcluir
  10. Sem trocadilho, respiração inspirada. Abraços, Célia.

    ResponderExcluir
  11. O compasso das inspirações/expirações pode alargar a visão da nossa dependência reflexa para a Vida.
    A Vida não pode ser "um ar que lhe deu"!


    Beijos


    SOL

    ResponderExcluir
  12. Oi, Célia! Sou ansiosa. Quando algo me aperreia, prendo a respiração sem perceber. Este post parece de encomenda pra mim. Beijos!

    ResponderExcluir

Seu comentário evidencia o seu 'pensar'.
Saiba que aprendo muito com você.
Obrigada, meu abraço,
Célia Rangel,
Autora responsável pelo blog.
Obs.: NÃO POSTAREI COMENTÁRIOS ANÔNIMOS.