quinta-feira, 4 de setembro de 2014

Bode?

[...] Conta-se uma fábula sobre uma família pobre, um sábio e um bode. A família pobre vivia na mais profunda miséria. Seus nove membros compartilhavam o mesmo aposento, ninguém tinha o suficiente para comer, suas roupas eram trapos e sua vidas, irremediavelmente infelizes.

Certo dia, o homem da casa dispôs-se a visitar o sábio e lhe disse: "Grande sábio, nós somos tão miseráveis que mal conseguimos continuar vivos. O barulho é terrível, a sujeira é medonha e a falta de privacidade poderia matar alguém. Nunca temos o suficiente para comer, e nós estamos começando a odiar uns aos outros. O que devemos fazer?"

O sábio respondeu simplesmente: "Devem arranjar um bode e colocá-lo dentro de casa com vocês por um mês. Então seus problemas irão se resolver."

O homem olhou para o sábio, atônito. "Um bode? Viver com um bode?" Mas o sábio insistiu, e já que ele era profundamente sábio, o homem fez o que ele mandou.

Nos meses seguintes, a vida infernal da família foi além do tolerável. O barulho estava pior, a sujeira também. Não havia nada remotamente parecido com a privacidade; nada havia para comer já que o bode comia tudo; não havia roupas porque o bode comia as roupas também. O rancor na casa tornou-se explosivo.

No final do mês, o homem voltou ao sábio, enfurecido. "Estamos vivendo a um mês com um bode dentro da cabana", disse ele. "Tem sido horrível. Como pode ter dado um conselho tão ridículo?"
O sábio sacudiu sabiamente a cabeça concordando e disse: "Agora livre-se do bode e verá como suas vidas se tornarão calmas e sublimes".

Fonte: "O Demônio do Meio-Dia" - Andrew Solomon - Cia das Letras

8 comentários:

  1. Uma linda fábula!! Retirar os "bodes" da nossa vida.. Bela reflexão! Lindo dia! bjs, tudo de bom,chica

    ResponderExcluir
  2. Tecer elogios sobre os teus textos e posts é "chover no molhado", todavia, devo dizer: fostes feliz na escolha deste. Parabéns!

    ResponderExcluir
  3. A vida sem o sentimento de gratidão não faz o menor sentido = chave da felicidade ;) bjs

    ResponderExcluir
  4. Agora imagine o alívio do bode quando se viu livre do cativeiro, Célia. Provavelmente ele caiu de joelhos e agradeceu aos Céus por ter sido preso por miseráveis vegetarianos. ;) Beijos!

    ResponderExcluir
  5. Célia
    A solução dada pelo sábio, fui de desastre completo, Para se verificar, que as vidas ainda não tinham chegado ao auge da degradação.
    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Que horror, Célia!!! Deus me livre dos conselhos desse sábio!....

    Beijinhos e bom fim de semana.

    ResponderExcluir
  7. Olá amiga, isso me lembra o ditado que diz que o que está ruim pode piorar kkkk bjosss

    ResponderExcluir
  8. Olá, Célia.

    Muito bom. Muitos vivem a reclamar sem perceber os "bodes" que colocam em suas vidas. Basta retirá-los!

    Um abração e uma boa semana.

    ResponderExcluir

Seu comentário evidencia o seu 'pensar'.
Saiba que aprendo muito com você.
Obrigada, meu abraço,
Célia Rangel,
Autora responsável pelo blog.
Obs.: NÃO POSTAREI COMENTÁRIOS ANÔNIMOS.