terça-feira, 2 de setembro de 2014

Onde somos livres!





Onde somos livres!


 


Liberdade total tem a imaginação.


Não conceitua, não preconiza jamais preconceituosa.


Habita a imaginação sem ter nada a provar.


Não há força da gravidade alguma


Que faça desabar o físico ou a mente.


Nada é tão certo que não possa cometer o errado.


É o mundo do sonho com personagens habituais,


Camufla-se em fictícia tranquilidade mental


De que tudo vem e passa...


Pode ser um alto grau de loucura,


Mas chega a ser invejável por muitos o sonho/a realidade.


Não há limitações – é loucura!


A realidade que se adeque,


Ou pesadelos tomem conta dos sonhos e devaneios.


Registra-se uma alma imoral, incompreendida, iludida, infantil...


Escolhe-se a beleza da infância,


Para descartar toda a incredulidade adulta ou adúltera...


Detém-se.


 


Célia Rangel


 

12 comentários:

  1. Olá, querida Célia
    O desapego requer muito desapego e a sua poesia ressaltou isso...
    Bjm fraterno

    ResponderExcluir
  2. Que lindo amiga Célia, amo voltar em lembranças da infância, acredito que é lá que está a nossa verdadeira liberdade!
    Amei ler, abraços apertados linda amiga!

    ResponderExcluir
  3. Olá, em cada verso uma reflexão profunda! Reter-se é necessário? abração

    ResponderExcluir
  4. oi Cé

    temos liberdade até certo ponto. Então o conceito de liberdade total não existe na prática.
    Se vc fala o que pensa, pode sofrer consequências, se vc faz o que quer tb.

    bjokas =)

    ResponderExcluir
  5. Porisso que eu adoro o mundo da imaginação:não tem limites! Ficou linda sua poesia,Celia! bjs,

    ResponderExcluir
  6. Olá! Conhecemos seu blog através do blog da Chica e o estamos seguindo. Parabéns pelas reflexões poéticas e cheias de sabedoria,
    Abraço

    Bíndi e Ghost

    ResponderExcluir
  7. Perfeito!!! Essa autonomia, essa interação e prestação de contas conosco, sem muita satisfação a dar e seguindo o que achamos certo e coerente, penso ser a total liberdade.
    Beleza, Célia, como sempre!
    Abraços.

    ResponderExcluir
  8. Olá,Boa noite ,Célia
    Muito belo e reflexivo...vou sair um pouco do seu texto, tá?
    sim, liberdade total tem a imaginação , mas, uma pessoa só será absolutamente livre se e quando conseguisse ultrapassar a imaginação, levá-la ao seu limite extremo e ir além dele...o que pode ser uma faca de "dois gumes" "- Não há limitações – é loucura! " ou seja, imaginamos, conseguimos nosso intento e somos livres pois fomos até onde queríamos ou nos ficamos presos a pesadelos , medos e objetivos imaginários, que tomam conta dos sonhos e devaneios dos quais nunca conseguimos alcançar...
    Obrigado pelo carinho,belos dias,beijos!

    ResponderExcluir
  9. Excelente Célia e verdadeiro, eu gosto muito do mundo da imaginação, lá nasce sonhos, sonhos que me fazem sorrir e volto dele acreditando, querendo que dê certo, bjos Luconi

    ResponderExcluir
  10. Oi, Célia! A liberdade de imaginação é essencial para a criatividade. Quem prefere "nem pensar em certas coisas" só cria fobias. Beijos!

    ResponderExcluir
  11. Somos livres para sonhar, mesmo que não se concretizem! Sonhar sempre! Beijos

    ResponderExcluir

Seu comentário evidencia o seu 'pensar'.
Saiba que aprendo muito com você.
Obrigada, meu abraço,
Célia Rangel,
Autora responsável pelo blog.
Obs.: NÃO POSTAREI COMENTÁRIOS ANÔNIMOS.