sexta-feira, 12 de setembro de 2014

Quintana & a Primavera!

Canção da Primavera
 
 
(Para Érico Veríssimo)
 

Primavera cruza o rio
Cruza o sonho que tu sonhas.
Na cidade adormecida
Primavera vem chegando.
 
Catavento enloqueceu,
Ficou girando, girando.
Em torno do catavento
Dancemos todos em bando.
 
Dancemos todos, dancemos,
Amadas, Mortos, Amigos,
Dancemos todos até
 
Não mais saber-se o motivo…
Até que as paineiras tenham
Por sobre os muros florido!
 
Mário Quintana

 


[Catavento, de Luciana Teruz - Brasil 1961]
http://peregrinacultural.wordpress.com 
 

6 comentários:

  1. Lindo demais.Bela escolha! bjs, ótimo fds! chica

    ResponderExcluir
  2. Poema delicadinho, Célia, do jeito que a gente espera que as primaveras sejam. Beijos!

    ResponderExcluir
  3. OI CÉLIA!
    UMA COMPOSIÇÃO DE MÁRIO QUINTANA, LÚDICO ATÉ, ABRINDO ESTE TEMPO DE PRIMAVERA QUE JÁ SE APROXIMA.
    LINDA ESCOLHA.
    ABRÇS
    http://zilanicelia.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Achei brilhante.... Fizeste um linda homenagem à primavera, aproveitando esse magnífico poema de Mario Quintana, além de finalizar com a encantadora gravura da tela de Luciana Teruz.
    Boa semana.

    ResponderExcluir
  5. Olá querida, vim agradecer sua visita e me desculpara pela ausência que é por falta de tempo mesmo.Linda a canção da PRIMAVERA!
    Abraços fica na paz de Deus.
    Lourdes Duarte
    http://professoralourdesduarte.blogspot.com.br/
    http://filosofandonavidaproflourdes.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Que bom dançar até esquecer o motivo!...rss...lindo poema nos trouxe,Celia! bjs,

    ResponderExcluir

Seu comentário evidencia o seu 'pensar'.
Saiba que aprendo muito com você.
Obrigada, meu abraço,
Célia Rangel,
Autora responsável pelo blog.
Obs.: NÃO POSTAREI COMENTÁRIOS ANÔNIMOS.