segunda-feira, 12 de janeiro de 2015

Dosagem Afetiva


Entre um sol que nasce

E uma lua que se despede

Amores de verão aquecem corações

Nas ruas asfaltadas de sonhos

Comprometem-se beijos e afagos

Faz-se de conta que tudo permanece

Na magia única do sobreviver

Antes do tempo – o momento feliz

Antes da flor - a saudade do perfume

Antes do vegetar – viver ardentemente

Antes do amor – amar simplesmente

Antes de mim – você.

 

Célia Rangel.

 


8 comentários:

  1. Amores de verão são tão bons, ainda mais qdo correspondidos na mesma medida.

    bjokas =)

    ResponderExcluir
  2. .
    ~ ~ ~ L i n d o ! ~ ~ ~


    ~ Ah, Célia! Nós temos estado com um lindo sol e um frio áspero, agreste, impiedoso.
    ~ Por cá é tempo de hibernar... ...

    ~ ~ Abraço amigo. ~ ~
    .

    ResponderExcluir
  3. Que linda e perfeita postagem Célia.
    Um ótimo dia!
    Beijos,
    Mariangela

    ResponderExcluir
  4. .

    Só vim para deixar meu beijo
    e levar em troca o seu abraço.

    Feliz ano novo.





    .

    ResponderExcluir
  5. "Antes da flor - a saudade do perfume" é bonito demais, Célia. Beijos!

    ResponderExcluir
  6. OI CÉLIA!
    LINDA INSPIRAÇÃO, PERFEITA.
    ABRÇS
    http://zilanicelia.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Bom dia, Célia.
    Belíssimo...
    Me fez recordar aqueles amores de verão que tive, que não passaram de trocas de olhares e sorrisos na praia.

    ResponderExcluir
  8. Olá Célia, que belo poema.
    Antes de tudo, você ,mas antes de você quem sabe o mais puro amor. Sempre há um intervalo para que tudo aconteça. Belíssimas metáforas. Gostei muito. Grande beijo!

    ResponderExcluir

Seu comentário evidencia o seu 'pensar'.
Saiba que aprendo muito com você.
Obrigada, meu abraço,
Célia Rangel,
Autora responsável pelo blog.
Obs.: NÃO POSTAREI COMENTÁRIOS ANÔNIMOS.