quinta-feira, 30 de abril de 2015

Divina Cecília!













Lua Adversa

Tenho fases, como a lua.
Fases de andar escondida,
fases de vir para a rua...
Perdição da minha vida!
Perdição da vida minha!
Tenho fases de ser tua,
tenho outras de ser sozinha.

Fases que vão e vêm,
no secreto calendário
que um astrólogo arbitrário
inventou para meu uso.

E roda a melancolia
seu interminável fuso!

Não me encontro com ninguém
(tenho fases como a lua...)
No dia de alguém ser meu
não é dia de eu ser sua...
E, quando chega esse dia,
o outro desapareceu...


Cecília Meireles MEIRELES, C. Poesia completa: Volume 2. Rio de Janeiro: Editora Nova Fronteira, 2001.


* Também caminho por essas fases da "Lua"...
Célia.

11 comentários:

  1. Eu sou mulher de fases tb rs...

    bjokas =)

    ResponderExcluir
  2. Ah, que bom, viver é mesmo assim, com fases, tem vez que é boa, outras até ruins, mas vamos seguindo.
    Amei ler aqui amiga Célia, gosto de ler Cecília Meireles, sempre nos diz algo, o ser humano é tão parecido uns com os outros, acho que por isso lemos poesias, elas nos fazem nos lembrar disso!
    Abraços apertados!

    ResponderExcluir
  3. Tem dia que é bem assim! E assim vamos seguindo!
    Uma ótima tarde!
    Beijos,
    Mariangela

    ResponderExcluir
  4. Linda Cecília e quem não tem fases? Ótimo feriado! bjs, chica

    ResponderExcluir
  5. Todas nós somos assim, mas as poetisas são mais assim do que as outras, né, Célia? Beijos!

    ResponderExcluir
  6. Grande Cecília! Pois é, cá estou revendo minhas fases. Não acho ruim atravessarmos outras fases, já imaginou sempre no mesmo lero-lero? Acho que toda mudança valoriza mais o que está certo, o que é bom. Serve para acertarmos o caminho.
    Beijo, Célia! Bela escolha.

    ResponderExcluir
  7. ~~
    ~ ~ ~ ~ Divina e talentosa! ~ ~ ~ ~

    ~~~~ «Irmão de coisas fugidias,
    ~~~ não sinto gozo nem tormento.
    ~~~~~ atravesso noites e dias
    ~~~~~~~~~~ no vento».

    ~ ~ ~ Abraço amigo. ~ ~ ~
    ~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

    ResponderExcluir
  8. OI CÉLIA!
    E, QUEM NÃO TEM SUAS FASES.
    E, É LINDO PENSARMOS QUE SOMOS SEMELHANTES A MARAVILHOSA LUA!
    CECÍLIA MEIRELES, TRAZIDA POR TI ATÉ NÓS, O QUE TE AGRADECEMOS.
    ABRÇS
    http://zilanicelia.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Eu sou uma mulher de muitas fazes como a lua...
    Não sei, porém acho que muitas são também...

    Beijos e beijos

    http://simplesmentelilly.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Olá,Boa noite,Célia
    Grande Cecilia...as fases vão e vem e tanto para a autora quanto para a Lua, há ciclos, "fases de andar escondida,fases de vir para a rua"...períodos bons, outros adversos ... assim como a Lua e suas fases, "quando chega esse dia, o outro desapareceu..."
    Agradeço pelo carinho,feliz feriadão,belos dias,beijos!

    ResponderExcluir
  11. Não me encontro com ninguém
    (tenho fases como a lua...)
    No dia de alguém ser meu
    não é dia de eu ser sua...
    E, quando chega esse dia,
    o outro desapareceu...
    Grande Cecília Meireles!!!! belíssima poesia!!! adorei teu blog. aguardo tua visita aqui:

    http://metamorfosearsemmedo.blogspot.com.br/ bjs :)

    ResponderExcluir

Seu comentário evidencia o seu 'pensar'.
Saiba que aprendo muito com você.
Obrigada, meu abraço,
Célia Rangel,
Autora responsável pelo blog.
Obs.: NÃO POSTAREI COMENTÁRIOS ANÔNIMOS.