terça-feira, 26 de maio de 2015

ASSUMINDO...


















Depois, que lacrei a porta,
Uma explosão de sentimentos:
Amar e nascer!
Não sei se nasci para amar
ou se amo para renascer...
Sei que me sinto inebriada...
Uma gestação a brindar a cada dia!
Com todo amor que tenho para doar...
Aprendi com a vida, com o Sol, com o canto
e o poema,
A verdadeira razão de amar.
O caminho para se chegar a ele é maravilhoso:
Doação, dedicação, respeito, humildade, confiança
Entrega total...
Uma sensação de flutuar no espaço da alma alheia...
De te olhar e calar diante da magnitude sensível
renascendo e cristalizando em nós.
Perfeitos. Seletos. Íntegros.
Nós!


Célia Rangel

13 comentários:

  1. Que lindo Célia!!!
    Nossa, amei, a imagem não podia ser mais linda, me levou a um mundo mágico do amor, da confiança, do carinho, da entrega total como dizes em um dos versos!
    Bela inspiração, estou suspirando!
    Abraços bem apertados linda amiga, sua sensibilidade comove!

    ResponderExcluir
  2. Maravilhosa,Célia! Que legal de ler! leve ,doce amor! bjs, chica

    ResponderExcluir
  3. Amor é entrega total. Entendo assim, Célia.
    Abraço.

    ResponderExcluir
  4. Que lindo, Célia!
    Tão leve e gostoso, assim como deveria ser o amor mais puro, sem interesses.
    A imagem é linda (estilo Kim Anderson, não sei se é dela rsrs).
    Abração e ótimo dia,
    Márcia.

    ResponderExcluir
  5. Muito lindo Celinha, fui lendo e enxergando cores, como num arco iris beijos

    ResponderExcluir
  6. Este teu Poema "parece" ter sido preparado para o meu hoje (27MAI); é que neste dia, há muitos anos, que lembro como se fossem o dia presente, eu me tornei Pai.
    Achei interessante esta feliz coincidência e te homenageio e agradeço.
    Parabéns.


    Beijos


    SOL

    ResponderExcluir
  7. Célia, que maravilhoso o seu poema.
    Faz bem ler um tema tão bom á alma.Penso que amamos e renascemos e
    com o renascer amamos mais e mais. Lindo e sensível ao coração.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  8. Olá, Célia.
    Lindo!
    "nascer para amar ou amar para renascer" - o que importa é que ame e que o amor traga felicidade.
    bj amg

    ResponderExcluir
  9. Muito linda esta amiga poeta!
    Adorei sua poesia!
    beijos cariocas

    ResponderExcluir
  10. Belo poema amiga Célia!
    Achei seu blog, rs
    Gostei muito do que li...

    Grata pela carinhosa visita!

    um beijooo no coração!

    ResponderExcluir
  11. Báh, depois de ler tanta coisa cabeluda, depois de assistir tanto noticioso mortal e escaparmos no fim do dia de uma bala perdida, um poema tão doce chega a ser um descanso, uma pausa.
    Beijo!

    ResponderExcluir
  12. Belo poema enaltecendo o amor, força motriz de nossa vida! Beijos

    ResponderExcluir

Seu comentário evidencia o seu 'pensar'.
Saiba que aprendo muito com você.
Obrigada, meu abraço,
Célia Rangel,
Autora responsável pelo blog.
Obs.: NÃO POSTAREI COMENTÁRIOS ANÔNIMOS.