quinta-feira, 14 de maio de 2015

HOMENAGEM...



Centenária + um...

Com um olhar mais profundo em sua vida
Aprendeu a ser uma observadora de si mesmo,
Não delegou ao outro seus momentos
Enfrentou-os!

Desafios foram chances energizando o seu existir,
Na elegante serenidade em seu mergulho interior.
Colheu com alegria o tempo da vitalidade!

Jamais se importou apenas com aparências
Que em nada lhe acrescentaria.

Abandonou-se no fazer o que era prioritário.
Preparou-se sempre para o outro em seu interior.
Saboreou o gostar da vida pela vida,
Com um olhar apenas no essencial.

Você, Cacilda que colecionou dores e amores,
Celebre a infinita graça recebida do Pai:

- Seus 101 anos!

Célia Rangel
maio/2015

11 comentários:

  1. Uma belíssima homenagem, à plenitude da vida!
    Parabéns, à Cacilda...Parabéns, também, à Célia, pela amizade e poesia!
    Abraço duplo!!

    ResponderExcluir
  2. Linda homenagem, nossa, cento e um anos, isso é para poucos, pelo menos assim, com essa disposição!
    Amei ver, meus parabéns à aniversariante e a você Célia, pela sua linda amizade para com a Cacilda, lindo demais isso!
    Abraços apertados às duas!

    ResponderExcluir
  3. Que beleza de homenagem e ela parece muito bem nos seus 101! beijos, chica e parabéns às duas!

    ResponderExcluir
  4. Boa!!! Muito parabéns à sua boa e jovem amiga!!

    ResponderExcluir
  5. .
    ~ ~ ~ ~ ~ ~ ~ A b r a ç o s. ~ ~ ~ ~ ~ ~ ~

    ~~ Um de parabéns para D. Cacilda. ~~

    ~ As histórias que deve ter para contar! ~

    ~~~~~~ Dias felizes para ambas. ~~~~~~
    ~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

    ResponderExcluir
  6. Célia querida bom dia!
    Que delicada poesia e
    uma delícia de homenagem!
    Encantada
    desejo um feliz fim de
    semana.
    Bjins
    CatiahoAlc.

    ResponderExcluir
  7. Parabéns à D. Cacilda e a si por ter o privilégio de conviver com uma pessoa que deve ser um poço de sabedoria.
    Um abraço e bom Domingo

    ResponderExcluir
  8. Bela homenagem, Célia!

    Parabéns à D. Cacilda, não só pelos 101 anos, mas também pela trajetória de vida.

    Beijo.

    ResponderExcluir
  9. Cento e um anos merecem poema. Ninguém chega tão longe sem ter feito muitas coisas certas. Aproveite que você ainda é jovem, Célia, e aprenda com ela. Beijos!

    ResponderExcluir
  10. Homenagem merecida! E viva a vida! Beijos

    ResponderExcluir

Seu comentário evidencia o seu 'pensar'.
Saiba que aprendo muito com você.
Obrigada, meu abraço,
Célia Rangel,
Autora responsável pelo blog.
Obs.: NÃO POSTAREI COMENTÁRIOS ANÔNIMOS.