quinta-feira, 6 de agosto de 2015

Minha Terra é um rosto

Minha terra é um rosto
onde pousam trêmulas
gotas de luz
como um breve enigma
nas dunas de meus dias.

Minha terra é um odor
que jaz nas folhagens
e nos leitos de erva
ao sol do verão
quando o regato arrulha.

Minha terra é uma voz
repleta de lembranças
e expectativas obstinadas
quando minha mão e meu corpo
vibram de nostalgia.

Minha terra é um poema
engendrado pela ausência
e o tormento de amar
à beira do tempo que vem
nas palavras do silêncio.

Minha terra é um amor
semeado de alegria
e solidez
onde os destinos velados
se abrem para a emoção.

Minha terra tem apenas a alma
para explicar os sentidos
das carícias e do céu
da vida e da morte
e das crianças sorridentes.

Minha terra tem meu rosto
marcado pelo tempo
pela dor e esperança
e pelo fulgor dos sonhos
nos espelhos da manhã.

(Paul Jubin) 

 

8 comentários:

  1. Cantar a sua terra, é dos mais belos modelos de Amor!
    Amoroso poema !
    Meu abraço, Célia...e obrigada!

    ResponderExcluir
  2. Beleza de canto à terra! Linda! bjs, tudo de bom,chica

    ResponderExcluir
  3. Nossa, que maravilha este poema! Uma verdadeira ode à terra, ao lugar que nos pertence. Amei!
    um grande abraço carioca, amiga.

    ResponderExcluir
  4. Bela escolha amiga Célia, lindíssima forma de louvar a terra, a vida, o amor, se identificastes e eu também li e reli, foi como uma linda oração!
    Amei como sempre todos os belos posts daqui!
    Abraços bem apertados linda amiga!

    ResponderExcluir
  5. Um hino à terra, num belíssimo poema se um autor que não conhecia. Obrigada pela partilha.
    Um abraço

    ResponderExcluir
  6. Poema belíssimo Célia!
    Uma perfeita escolha.
    Um verdadeiro hino de louvor e amor à terra. Lindo demais.
    Abraços!
    Mariangela

    ResponderExcluir
  7. Minha terra é um rosto onde abrigo toda poesia que sai de ti.

    Que meus braços encontre os teus num forte abraço de carinho meu!

    ResponderExcluir
  8. Não conhecia este autor, mas ele foi divino em sua analogia, lindo demais adorei, bjos Luconi

    ResponderExcluir

Seu comentário evidencia o seu 'pensar'.
Saiba que aprendo muito com você.
Obrigada, meu abraço,
Célia Rangel,
Autora responsável pelo blog.
Obs.: NÃO POSTAREI COMENTÁRIOS ANÔNIMOS.