quarta-feira, 16 de setembro de 2015

Nova Versão do Chapeuzinho...




Tarde preguiçosa de uma segunda-feira chega de mansinho, Isabele, poderosa em seus 3 anos.

Beija e abraça a vovó, e sai desbravando o apartamento em busca de novidade, de algo para fazer...

Yes, o computador da vovó! Apodera-se do mesmo e diz estar no escritório trabalhando muito: o Word e o Windows ficam malucos com os comandos da garota! 

Vovó dá uns pitacos... alguns aceitos... outros nem tanto: - pode deixar, eu sei!

Depois, vem a cena do lanche:

- o que você vai fazer para eu comer, vovó?

- o que você quer?

- picopa... picoca...

Treinam o correto... risos e desistem...

No papo na cozinha, dramatizam a historinha do chapeuzinho vermelho com cantos e tudo:

- o lobo bate na porta da casa da vovó, várias vezes, e ela não abre MEDO do LOBO!!!

Decisão da Isabele: - dou um pontapé nessa porta... pronto... o lobo entrou vovó...

- ai ele vai me comer?

- não... ele vai te fazer carinho...

E, juntas:-  pela estrada afora eu vou levar ‘picopa’ para a vovozinha...





Célia Rangel




 

16 comentários:

  1. Uma história com sua narrativa muito bem escrita, parabens... Um belo texto.
    bj de carinho

    ResponderExcluir
  2. Que coisa mais linda ! Essas crianças encantam! Adorei! Bela versão,rs bjs, chica

    ResponderExcluir
  3. Uma ternura. Os netos são a nossa alegria.
    Um abraço

    ResponderExcluir
  4. Parece uma chapelzinho que sempre vem por aqui em casa rsrs bom dia

    ResponderExcluir
  5. Que fofura, eles só querem computadores, e celulares né?
    Geração complicada e moderna rs...

    bjokas =)

    ResponderExcluir
  6. É extraordinária fase esta, das descobertas e da imaginação. Ainda por estes dias, li algo sobre criança com maus hábitos alimentares que, chorando na hora da refeição, tentava convencer a mãe de que Jesus mandara tomar Nescau. Argumentos assim nas boca das crianças é engraçado e corrigível. O lastimável é quando adultos, investidos de função pública, tentam impingir à sociedade suas "realidades" através de justificativas e explicações toscas e sem nenhuma graça. Parabéns!

    ResponderExcluir
  7. Que lindo, é bem assim, rsrs, eu hoje estava me lembrando, junto com meu marido na hora do almoço, a independência do meu neto ainda com três aninhos de idade, agora lendo aqui, nossa, completou as minhas lembranças, as crianças são práticas, simples, tudo fácil,rsrs, amei ler amiga Célia, sua narrativa perfeita!!!
    Abraços!

    ResponderExcluir
  8. Que lindo!
    Crianças são bençãos em nossa vida.
    E como são espertas!
    Lembrei-me dos meus filhos pequeninos, com muita saudade!
    Abraços!
    Mariangela

    ResponderExcluir
  9. Versão muito amorosa, muito light do Lobo Mau!!!

    As crianças são de mais!! Beijinhos de vovó para vovó...

    ResponderExcluir
  10. Que graça!!!
    Adorei seu blog;
    Prazer em conhecer;
    janicce

    ResponderExcluir
  11. rsrs...
    Que graça, Célia!
    Pareceu-me ver meus sobrinhos ainda pequenos quase destruindo o meu teclado e a tela do monitor enlouquecendo-rs.
    Crianças encantam sempre com sua espontaneidade.
    Adorei.

    Beijo.

    ResponderExcluir
  12. Oi Célia.
    E que tarde feliz para a vovó para a netinha e para o lobo, que no fim das contas não era mau.
    Crianças são pura felicidade.
    E hoje, ligados na tecnologia, como a sua Chapeuzinho.
    Adorei!
    Abraços e obrigada pelas gentis visitas no meu Blog.

    ResponderExcluir
  13. Carinho de neta e orgulho de Vovó. A inocência é a coisa mais bela do Ser Humano e as crianças representam-no maravilhosamente.
    Não há nada melhor que a vovó, como não existe preciosidade como uma neta ... pequenina.

    Beijos
    SOL

    ResponderExcluir
  14. Olá, Célia.

    Muito legal. Adorei essa versão. E com um monte de "picopa", fica uma delícia de se contar. Parabéns para a Vovó e a netinha.

    Um abração e um bom fim de semana.

    ResponderExcluir
  15. Que menina mais doida!

    Parabéns, Célia Rangel

    ResponderExcluir
  16. Hahahaha, que gostoso vovó! Curta bem esta neta criativa e linda! Beijos

    ResponderExcluir

Seu comentário evidencia o seu 'pensar'.
Saiba que aprendo muito com você.
Obrigada, meu abraço,
Célia Rangel,
Autora responsável pelo blog.
Obs.: NÃO POSTAREI COMENTÁRIOS ANÔNIMOS.