sábado, 28 de novembro de 2015

Ama-te

Afaga-te com serenidade
Perceba como tu és
Sinta teu rosto... tua pele
Teu corpo... tua alma
Aqueça-te com ternura
Abriga em ti o coração
E liberta tua alma
Olha-te no espelho do olho
E trace teu perfil
Sonhaste assim?
Idealizaste isso que vês?
És feliz? Estás pronto?
Senão... reforma-te
E, prossigas
Enquanto é tempo
E o caminho está aberto
Coragem! Vai..
Minha mão será a tua
Meus olhos serão os teus
Meus passos serão os nossos
Em um só destino
Mágico e eterno.


Célia Rangel


7 comentários:

  1. Poucos estão prontos...Muitos precisam de grandes reformas...
    Belo, profundo e verdadeiro poema.
    Beijos, Célia!!!

    ResponderExcluir
  2. Poxa, como falou exatamente o que precisava, agradecido! abração

    ResponderExcluir
  3. Célia querida, sempre bom te ler!

    Fizeste uma reflexão linda! É preciso se questionar para seguir em frente com mais leveza. Lindo!

    Aproveito a oportunidade para deixar um convite para vc visitar o Palavras que acabo de retornar.

    Grande abraço Célia. Tenha uma semana iluminada!

    Leila

    ResponderExcluir
  4. É o que todos precisam mas poucos conseguem, o orgulho acaba por cegar
    o verdadeiro caminho.
    Lindo!
    Abraços, e um ótimo domingo.
    Mariangela

    ResponderExcluir
  5. Lindo, como sempre, com palavras que nos levam a uma boa reflexão, amar-nos para podermos amar, só assim, pois o amor é tudo mesmo, todos sonham e desejam ser amados, para tanto há que estarmos de bem com a vida, conosco mesmo!
    Abraços linda amiga Célia!

    ResponderExcluir
  6. Se, dentro de nós, bem sentirmos,
    Seguros ficamos de Amor.
    E no facto de existirmos
    Já temos a Vida maior.

    Beijo
    SOL

    ResponderExcluir
  7. É isto aí amiga, se não nos amarmos não poderemos amar ninguém! Muito lindo! Beijos

    ResponderExcluir

Seu comentário evidencia o seu 'pensar'.
Saiba que aprendo muito com você.
Obrigada, meu abraço,
Célia Rangel,
Autora responsável pelo blog.
Obs.: NÃO POSTAREI COMENTÁRIOS ANÔNIMOS.