quinta-feira, 5 de novembro de 2015

Quero "pensar" livremente...

O Vazio
Rubem Alves - "do universo à jabuticaba"- Ed. Planeta do Brasil Ltda

'Estórias' são como poemas. Não são para ser entendidas. O que é entendido nunca é repetido. O entendimento esgota o sentido da palavra. Deixa-a vazia com nada mais a ser dito. Quando uma palavra é entendida, segue-se um silêncio morto.
As 'estórias' são como uma sonata, um abraço de amor, um poema, um pôr  de sol: queremos a repetição porque seu sabor é sempre novo. Parecem com gaiolas. São construídas com grade de palavras. Mas estão vazias. Nelas mora o Vazio, que não se enche nunca. A roda só pode rodar porque seu coração é um vazio. O vaso só pode conter a água por causa do vazio que ele contém.
O pensamento exige o Vazio, pois é nele que o inesperado aparece. Algo que era sabido por aqueles que construíram as catedrais góticas: as paredes, os relevos, as esculturas, os vitrais - todos eles construídos para trazer à existência um espaço vazio. "Pensar", diz Octavio Paz, "é produzir o vazio para que o ser aflore".


9 comentários:

  1. Precisamos do VAZIO...Do silêncio...Lindo trecho! bjs, ótimo dia!chica

    ResponderExcluir
  2. Que lindo, amo ler Rubem Alves, ele deixou rico legado!
    Abraços linda amiga Célia!

    ResponderExcluir
  3. O mestre Rubem Alves tem sempre nos seus textos algo que nos toca, por coincidência tbm publiquei um poema que fiz de um dos seus lindos e maravilhosos textos "O tempo e as jabuticabas", que hoje escolhi para celebrar meu aniversário. Esse que você publicou tbm é lindo!

    ResponderExcluir
  4. A histórias ou estórias bem contadas sempre deixam um vazio para a interpretação do leitor, assim como os poemas - muitos sim, outros não. Nada de muito explicadinho. Deixemos que a imaginação viaje...
    Bjus, Célia!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ...corrigindo: 'AS' histórias ou estórias...

      Excluir
  5. ~~~
    ~ Um texto excelente
    e muito original, tanto na forma, como na mensagem
    ~ Grata pelos bons momentos de leitura e reflexão...

    ~~~ Abraço amigo, Célia ~~~~~~
    ~ ~ ~ ~ ~ ~

    ResponderExcluir
  6. Boa noite, Célia, parabéns pela escolha do texto, de Rubem Alves, sempre com ótimas leituras. Parece-nos antagônicos, mas o vazio é necessário para que algo se complete, e aqui ficou bem entendido que precisamos esvaziar a mente para que ela possa se encher de tudo que é bom. Abraço!

    ResponderExcluir
  7. Grande pensador, Rubem Alves!Gosto!

    Beijinhos e boas leituras.

    ResponderExcluir

Seu comentário evidencia o seu 'pensar'.
Saiba que aprendo muito com você.
Obrigada, meu abraço,
Célia Rangel,
Autora responsável pelo blog.
Obs.: NÃO POSTAREI COMENTÁRIOS ANÔNIMOS.