domingo, 1 de novembro de 2015

Só eu sei

Das belezas que me acendem interiormente,

E que irradiam luz para dois...

Fico horas meditando no curso de todas,

As que me invadiram e permaneceram,

As que não gostaram da acolhida e se foram

Não me pertenciam...

 

Mas você ficou e eternizou nosso viver,

O nosso ‘amar’ deu sentido para nossa vida.

Em caminhos que se interligaram sempre em pontes,

Com fluidez, encanto e delicadeza,

De percepções claras e delicadas,

Em sintonias e epifanias.

 

Ah! Como foi fácil, tranquilo, harmonioso amá-lo!

Cumplicidade, parceria, ternura e respeito,

Ingredientes contagiantes resultando em serenidade,

De tudo quanto nos ofertamos amorosamente:

O cuidar e o educarmo-nos em nossa convivência,

Foi nossa ‘aliança maior’.

 

Célia Rangel

12 comentários:

  1. Bendita aliança, tão poeticamente revelada...compartilhada!
    Meu abraço, Célia, com o meu desejo de um tranquilo feriado!

    ResponderExcluir
  2. Linda união e aliança de almas essa! Bela poesia! bjs, chica

    ResponderExcluir
  3. Linda homenagem ao que se foi, mas que ao mesmo tempo permanece eternamente lembrado e isso é a glória de todos os que deixaram essa saudade e lembrança delicada!
    Amei ler amiga Célia!
    Abraços bem apertados!

    ResponderExcluir
  4. Bom dia de segunda e boa semana
    passando para deixar um abraço ver suas postagens
    maravilhosas, e convidar para me visitar e participar do
    sorteio que farei para o Natal aguardo sua visita bjussss


    └──●► *Rita!!

    ResponderExcluir
  5. CELIA RANGEL,

    que bom ter sido assim, acontecido de forma tão enebriante para você e que bela postagem/homenagem!!!

    Um abração carioca.

    ResponderExcluir
  6. Olá, Célia.

    Dos tantos encontros da vida, muitos se traduzem em desencontros. Mas aquele encontro especial, ele perdura, ilumina e afaga a alma. Belos versos.

    Um abração e uma boa semana.

    ResponderExcluir
  7. Bela carta de amor, Célia! Escrita nas estrelas...

    Beijinhos e boas recordações.

    ResponderExcluir
  8. Uma aliança muito abençoada e linda, onde o amor criou suas raízes!
    Parabéns Célia, e abraços.
    Mariangela

    ResponderExcluir
  9. OI CÉLIA!
    QUANDO AS ALMAS ENTRAM EM SINTONIA, AS ALIANÇAS SÃO PARA SEMPRE.
    LINDO TEXTO AMIGA.
    ABRÇS
    -http://zilanicelia.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Uma Homenagem bem doída, mas também bem sentida e saudosa.
    Do Alto verás, em ti, a tua resposta. Só para ti.


    Beijo
    SOL

    ResponderExcluir
  11. Olá, querida Célia
    A boca fala do que o coração está cheio... seu amor se faz sentir...
    Bjm fraterno

    ResponderExcluir
  12. Aliança eterna que te faz viver! Lindo! Beijos

    ResponderExcluir

Seu comentário evidencia o seu 'pensar'.
Saiba que aprendo muito com você.
Obrigada, meu abraço,
Célia Rangel,
Autora responsável pelo blog.
Obs.: NÃO POSTAREI COMENTÁRIOS ANÔNIMOS.