terça-feira, 29 de dezembro de 2015

Asas Mágicas

Atravessar a impotência até angustiante
De transferir, criar em um espaço gráfico
Ideias, magias de um pensar em prosa
Para fortalecer a poesia,
Isso é uma atração fatal.

A simbologia do silêncio e da ausência,
Fortalece o pensar.

Está nas entranhas, a serenidade do prazer de criar,
Mas há também a temerosa censura,
Que fortalece o calar.

Ah! Se existissem borboletas de palavras...
Em tudo espargiriam cor e leveza,
Que fortaleceriam o sonhar.

Ainda que escrava da criatividade,
Sublima-se tal submissão,
Resgatando-se o voo do talento.
Que decola e aterrissa
No imaginário da mente.
                                          
Feliz 2016 no hemisfério das emoções!

Célia Rangel.


13 comentários:

  1. Olá, queria Celia
    Ah! Como preciso alçar voo... como uma águia cheia de ânimo!
    Bjm natalino

    ResponderExcluir
  2. «Ah! Se existissem borboletas de palavras...
    Em tudo espargiriam cor e leveza,
    Que fortaleceriam o sonhar.»

    Que lindo, Célia!

    Bom Ano, Célia! Melhor Ano!

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  3. ~~~
    ~ Muito belos os poemas
    da sua pródiga e delicada criatividade, Célia!

    Que seja um Ano Bom para nós e para a humanidade.

    ~ Dias plenos de harmonia, felicidade e inspiração. ~

    ~~~ Beijos amigos. ~~~
    ~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

    ResponderExcluir
  4. Oi Célia,

    Ah! Se existissem borboletas de palavras!!!! que lindo!

    Célia Rangel, hoje eu vim agradecer a sua atenção para com o Palavras e te desejar um 2016 repleto de boas energias e muita inspiração!
    Grande abraço

    Leila Rodrigues

    ResponderExcluir
  5. Olá CELIA,

    e só assim que a escravidão é boa, quando ela tem os grilhões atados na criatividade.

    Não liberte-se nunca dela!!!

    Um Feliz 2016.

    Abração carioca.

    ResponderExcluir
  6. Um maravilhoso 2016, que eu possa ler e me encantar com seus versos cada dia mais.

    bjokas =)

    ResponderExcluir
  7. Lindo poema/mensagem amiga Célia, amei ler e desejo também à você e sua família um lindo ano, o que se foi deixou em mim boas experiências, principalmente "...no hemisfério das emoções!"
    Abraços apertados com votos de um feliz ano novo, de novo, amiga sempre querida!

    ResponderExcluir
  8. Célia minha amiga que obra linda, gostaria de voar pra longe e me alimentar com as belezas divinas e quem sabe este vazio imenso não se preenchesse, hj coloquei algo lá, mas me pareceu vazio de emoção, hei de recuperá-la, bjos e um lindo 2016

    ResponderExcluir
  9. Ei Célia,
    vim deixar meu abraço e meu
    desejo de que 2016 seja uma ano de
    muitas alegrias.
    Bjins querida.
    CatiahoAlc.

    ResponderExcluir
  10. "A simbologia do silêncio e da ausência,
    Fortalece o pensar". Tudo lindo, mas me fixei nesse ponto filosófico, até. Entra ano, sai ano... você continua ótima!
    Beijos, felicidade sempre!

    ResponderExcluir
  11. Magnífico poema... Destaco

    " Ah! Se existissem borboletas de palavras...
    Em tudo espargiriam cor e leveza,
    Que fortaleceriam o sonhar."

    Retribuindo os votos, reitero meu desejo de um FELIZ E VENTUROSO 2016 extensivo à toda sua família.
    Abçs Festivos!

    ResponderExcluir
  12. Olá amiga Célia!!!
    E as vezes nos calamos, devido as circunstâncias . E as borboletas ficam a voar no nosso interior, um dia vão se libertar...
    Aproveito para agradecer seu carinho em meu blog.
    Que Deus continue a nos abençoar hoje e sempre!
    Que não nos falte: Saúde, Esperança, Amor, Gratidão, Força e Fartura, neste novo ano que se inicia e nos demais que estão por vir!!!
    Tudo de bom sempre!!!
    Bjokas...da Bia!!!

    ResponderExcluir
  13. Queria poder fazer uma mágica este ano. Feliz 2016 amiga!

    ResponderExcluir

Seu comentário evidencia o seu 'pensar'.
Saiba que aprendo muito com você.
Obrigada, meu abraço,
Célia Rangel,
Autora responsável pelo blog.
Obs.: NÃO POSTAREI COMENTÁRIOS ANÔNIMOS.