sexta-feira, 13 de maio de 2016

DIGNIDADE

DIGNIDADE 
Lauro Daros

O povo não precisa de esmolas.

Precisa de justiça.

Justiça inclui educação séria e saúde de qualidade; inclui trabalho, com salários dignos; inclui segurança; inclui paz; inclui liberdade; inclui viver num Planeta saudável.

O restante o povo resolve com trabalho. O restante o povo “vai atrás”. Não precisa de esmolas.

Não há nada mais degradante do que precisar de esmolas, seja do governo, seja de pessoas. A esmola acomoda, humilha, escraviza. A esmola prende o povo à política – seja qual for o partido.

O poder se perpetua oferecendo migalhas ao povo. O povo se satisfaz com as migalhas e assim, no voto, garante a perpetuidade dos detentores do poder. Esse modo de fazer política é medíocre, é satânico, é escravizante.

Não há nada mais nobre do que ser livre e ter condições de viver com dignidade sem depender do governo e de pessoas.

Mas a política, nas mãos de pessoas inescrupulosas e perversas –  seja qual for o partido – não aprecia a liberdade. A política deseja e produz escravos. A política cria pessoas e famílias dependentes, cria eleitores ingênuos – matéria-prima para a sua permanência no poder.

A política não se preocupa com cidadãos livres, preocupa-se em arrebanhar eleitores, como ovelhas frágeis e inocentes. A política precisa de ovelhas que votem por um pouco de grama. Entra partido, sai partido... o povo continua pobre, analfabeto, dependente, humilhado, um simples eleitor.

No Reino de Deus não há necessidade de esmolas, porque há justiça e paz. O Reino de Deus não está nas nuvens. Ele está em qualquer lugar da Terra onde há justiça e paz. O Reino está onde o povo é livre. O Reino está onde o povo é feliz.

O Reino de Deus depende de cada pessoa, da forma como vive, da forma como pensa, da forma como fala, da forma como faz, da forma como se relaciona com as pessoas, da forma como exerce a cidadania.


O Reino de Deus depende do uso ético da política e da economia, da ciência e da tecnologia, da educação e da religião.

13 comentários:

  1. Dignidade é tudo o que faz um povo ter fé na Vida!
    Amei ler, boa escolha de texto amiga Célia!
    Boa noite e abraços apertados!

    ResponderExcluir
  2. Que lindo texto e realmente precisamos, o povo precisa SEMPRE de DIGNIDADE e respeito! Lindo fds! bjs, chica

    ResponderExcluir
  3. Célia, amiga querida, voce descreveu tão bem que tomo a liberdade de te indicar um vídeo da Sra. Gloria alvarez - deputada da Guatemala que fala do populismo. Assim como você, ela fala da aprisionamento do ser humano através da política. Muito bom!

    Grande abraço Célia. se puder, veja o vídeo https://www.youtube.com/watch?v=XTgjHASTcX0

    Leila Rodrigues

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Leila, o autor do texto, Lauro Daros, tem o dom da sensibilidade aguda de uma percepção de fatos e atos da vida. Indico-lhe sua obra mais recente: "Paisagens Poéticas".
      Agradeço sua participação e indicação de um vídeo.
      Abraço,
      Célia.

      Excluir
  4. Bons pensadores formam uma nação de pensadores! abração

    ResponderExcluir
  5. Boa tarde, Célia.
    Concordo em parte com o texto.
    Precisamos de dignidade sempre, mas ter um governo social que ajude as pessoas com condições desumanas, não faz mal a ninguém.
    Não estão roubando, e sim ajudando, até que o País caminhe para uma igualdade, o que já é lento esse processo.
    Portanto, deixará as famílias do Nordeste,as crianças carentes sem ajudas?
    Não!
    Isso não é esmola, é ajuda para que as pessoas possam trabalhar, ter chance de vida melhor, portas abertas pelo Governo que foi afastado, não este que NÃO ME REPRESENTA!
    Tenha uma semana de paz!
    Beijos na alma!

    ResponderExcluir
  6. Muito bom, Célia.

    Quando o povo vai acordar e votar com dignidade e por dignidade? Basta dessa troca de cadeiras entre algozes que malbaratam o poder.

    Um abração e uma boa semana.

    ResponderExcluir
  7. Olá,Célia...belo texto do Lauro Daros...a atual crise levou o povo ao descrédito da ação política, diante das reiteradas mazelas , denúncias e tantas outras que vem acontecendo , provocando em todos nós uma indignação ética, que nasce da consciência da violação de muitos de nossos valores/direitos fundamentais. É indispensável resgatar a dignidade, com uma maior participação popular nas decisões sobre os rumos do nosso país, sem omitir-nos. Nada de esmolas e sim, urgente uma radical reforma do atual sistema político-eleitoral brasileiro e o mais óbvio é que não há grandes chances de as coisas melhorarem sem algum tostão de diálogo.
    Obrigado pelo carinho, feliz domingo,belos dias,beijos!

    ResponderExcluir
  8. Oi Célia querida, ótimo texto!! vim lhe desejar uma ótima semana, abraços e fique com Deus!!!

    ResponderExcluir
  9. Isso mesmo Célia! O reino de Deus depende de cada um de nós!
    Grande abraço!

    ResponderExcluir
  10. Olá,
    Temos um país tão rico e tão paupérrimo ao mesmo tempo.
    Se os que governam fossem pessoas decentes e confiáveis seriamos um país de primeiro mundo.
    Só nos resta fé.
    Tenha uma ótima semana.

    ResponderExcluir
  11. Texto excelente. O trabalho (digno) sempre foi uma troca de labor pelo seu valor material.
    Que assim seja e a esmolas não existirão para que seja mantida a dignidade humana.

    Beijo
    SOL

    ResponderExcluir

Seu comentário evidencia o seu 'pensar'.
Saiba que aprendo muito com você.
Obrigada, meu abraço,
Célia Rangel,
Autora responsável pelo blog.
Obs.: NÃO POSTAREI COMENTÁRIOS ANÔNIMOS.