domingo, 5 de junho de 2016

Dia Mundial do Meio Ambiente




“Solte a fera pela vida”. Este é o tema do Dia Mundial do Meio Ambiente de 2016, celebrado globalmente no dia 05 de junho sob a coordenação do Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (PNUMA).

O tema traz à tona o tráfico de animais silvestres e a necessidade de combater esse comércio ilegal que destrói a biodiversidade, ameaça os ecossistemas, gera custos para a economia e coloca em risco a vida de seres humanos.

Crimes ambientais como o comércio ilegal de animais silvestres, a destruição ilegal de florestas por empresas, a exploração e comércio ilegal de ouro e outros minerais, a pesca ilegal, o tráfico de resíduos perigosos e a fraude de créditos de carbono, estão crescendo duas a três vezes mais rapidamente que o PIB global.

O Brasil é o país com a maior diversidade de espécies no mundo, possuindo mais de 103.870 espécies animais conhecidas no país. A perda e fragmentação de habitats naturais e captura, comércio e guarda ilegal de animais silvestres são algumas das maiores ameaças para a fauna nativa.

Um número elevado de espécimes vem sendo extraído da natureza sem levar em consideração a capacidade de reposição natural das espécies. A ONG Renctas estima que, no Brasil, cerca de 38 milhões de exemplares sejam retirados anualmente da natureza e que aproximadamente 4 milhões deles sejam vendidos, pois para cada produto animal comercializado são mortos pelo menos três; e para o comércio de animais vivos, a cada dez traficados apenas um sobrevive.

 Leia mais em:

15 comentários:

  1. E os animais são nossos irmãos, pois todos tivemos a mesma origem...
    Célia, tem um bom domingo e uma boa semana.
    Beijo.

    ResponderExcluir
  2. Que lindo tema pra refletir, pensar muito e AGIR! Linda lembrança e homenagem! Vi teu comentário no INSTANTES e aquele texto realmente é lindo e tocante.beijos, tudo de bom,chica

    ResponderExcluir
  3. Querida amiga Célia, muito boa postagem, pelo menos conscientiza que a ler!
    Os animais silvestres, a mata sendo desmatada, os minerais sendo extraídos sem nenhum critério, a natureza grita!
    Abraços querida amiga!

    ResponderExcluir
  4. Boa Tarde, querida Celia!
    A natureza é muito exuberante e é pena que não atentemos para conservá-la!
    Bom Doingo!
    Bjm muito fraterno

    ResponderExcluir
  5. Devemos aumentar nossa consciência do meio em que vivemos!
    Grande abraço Célia!

    ResponderExcluir
  6. Célia,
    excenle abordagem!
    Feliz nova semana.
    Bjins
    Catiaho Alc.

    ResponderExcluir
  7. Excelente postagem, Célia. Essa crueldade, irresponsabilidade com os animais causa muita decepção com nossas autoridades, muita indignação. As leis precisavam ser fortes. Mas... tudo é corrupção.
    beijos.

    ResponderExcluir
  8. ~~~
    Muito louvável esta postagem, Célia.
    ~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

    ResponderExcluir
  9. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  10. Precisamos cuidar, não adianta ter o dia e nada ser feito.

    bjokas =)

    ResponderExcluir
  11. Parabéns, Célia, por essa importante colaboração em prol da Natureza, que tanto precisa de nós. Sempre que posso, tomo essa posição, principalmente em meus poemas.
    Abraço.

    ResponderExcluir
  12. ~~~
    Talvez goste de visitar o meu espaço recentemente criado...

    http://avivenciaravida.blogspot.pt/

    Abraço.
    ~~~~~

    ResponderExcluir
  13. Felicitar-te pelo teu grito de alerta, é pouco; será pouco. Mas é bom, e necessário gritar alto, para que as (in)consciências acordem.
    Um bom contributo, Célia.Parabéns.

    Beijo
    SOL

    ResponderExcluir
  14. Crueldade com os animais e meio ambiente! Bela postagem! Beijos

    ResponderExcluir
  15. Oi querida amiga Célia,
    Me desculpe a ausência, esses dias tenho andado sem tempo para o blog!! Aos poucos vou visitando os amigos!!
    Lhe desejo um excelente final de semana, fique com Deus!!

    ResponderExcluir

Seu comentário evidencia o seu 'pensar'.
Saiba que aprendo muito com você.
Obrigada, meu abraço,
Célia Rangel,
Autora responsável pelo blog.
Obs.: NÃO POSTAREI COMENTÁRIOS ANÔNIMOS.