quinta-feira, 25 de agosto de 2016

... entenda-me... se for capaz...


“...você que me lê na intimidade, sabe que essa não sou eu, desbastada pelo vento do tempo, ora brisa, ora vendaval, enrijeceu-me pele e ossos... mas há uma esperança de vida, de encontros, de sabores onde até dissabores terão sua dose de humor... sim! Para viver e desfrutar a vida e da vida, há que se ter imensa dose de humor e amor... muito amor...”

Célia Rangel

7 comentários:

  1. Isso mesmo, amor e humor sempre! Lindo! bjs, chica

    ResponderExcluir
  2. A Vida é uma profunda dialética...Sabedoria é aproveitá-la com afinco!
    Grande abraço!

    ResponderExcluir
  3. Agradeço o acaso providencial que me colocou em contato consigo
    e tornou-me sua leitora.
    Concordo consigo, em relação ao amor e ao humor...
    Um estrato muito significativo!
    ~~~ Abraço, Célia. ~~~

    ResponderExcluir
  4. Olá, Boa noite,Célia...o tempo passa e vamos envelhecendo. Os sinais podem ser sutis e podemos nem notar no dia-a-dia, desde que saibamos viver de bem com a própria vida.E tudo é questão de escolha e basta querer . Querer levar a vida com mais leveza e bom humor, pois isso nos rejuvenesce, relaxa, abre caminhos e nos traz muito amor...a si mesmo e à vida!
    Obrigado pelo carinho,belos dias,beijos!

    ResponderExcluir
  5. Um maravilhoso dia pra você!!

    bjokas =)

    ResponderExcluir
  6. O amor é fundamental em nossas vidas!
    Quem ama a todos é porque se ama e se respeita, ah, o tempo, acho que ele nos faz mais leves, nos faz sentir que tudo vale, todas as boas ou más experiências deixam lições aproveitáveis para a vida inteira!
    Amei ler aqui!
    Abraços apertados amiga Célia!

    ResponderExcluir
  7. Você tem muito amor sim, e humor também vizinha. Damos boas risadas! Beijos

    ResponderExcluir

Seu comentário evidencia o seu 'pensar'.
Saiba que aprendo muito com você.
Obrigada, meu abraço,
Célia Rangel,
Autora responsável pelo blog.
Obs.: NÃO POSTAREI COMENTÁRIOS ANÔNIMOS.