domingo, 21 de agosto de 2016

Leveza no Gesto



Há um tempo para brincar
correr nos campos infinitos
experimentando, criando e usufruindo
oportunidades únicas.


Vive-se muito e despreza-se o cenário do essencial.
Um olhar que identifica uma ação, um ser,
identidades buscadas em objetos e seres
em nada contagiantes.


Mas, ai está a vida convidando a experimentações do ser.
Buscar profundidades, criar, digerir o fogo da paixão do viver,
através do outro em seu olhar libertar emoções,
ainda que sutilmente, o relacionamento com a ternura.


Abstraia-se do caminho em que nada acrescenta,
siga as águas do rio que se desvia das pedras,
e prossiga o seu curso independente...
Supere-se na busca da afetividade.


Célia Rangel







5 comentários:

  1. A busca da afetividade é importante e com ela, a vida fica mais fácil, até pra contornar problemas que sempre teimam em aparecer! bjs, chica

    ResponderExcluir
  2. Lindo, Célia!
    Excelente e importante reflexão.
    Perdemos tempo precioso com o que não nos acrescenta, enquanto valores outros são relegados. Ternura, gentileza, afagos e afetos geram gestos similares, tornando o relacionamento humano saudável, gratificante e prazeroso, além de proporcionar um agradável estado de felicidade.
    Perfeita a última estrofe.

    Feliz semana!

    Beijo.

    ResponderExcluir
  3. Célia
    O essencial é a simplicidade, é nela que podemos encontrar toda a riqueza humana, será sempre na simplicidade que encontramos o caminho da felicidade.
    Veja e comente o post
    MINAS GERAIS - BANDEIRANTES
    http://amornaguerra.blogspot.pt/
    BRASIL: SORRISO DE DEUS.

    Bjs

    ResponderExcluir
  4. Seria tão bom se no mundo houvesse mais afetividade!!

    bjokas =)

    ResponderExcluir
  5. É sempre um prazer "revê-la"!
    Beijinhos!

    ResponderExcluir

Seu comentário evidencia o seu 'pensar'.
Saiba que aprendo muito com você.
Obrigada, meu abraço,
Célia Rangel,
Autora responsável pelo blog.
Obs.: NÃO POSTAREI COMENTÁRIOS ANÔNIMOS.