sexta-feira, 19 de agosto de 2016

Reflexão

"Há um olhar que sabe discernir o certo
do errado e o errado do certo.

Há um olhar que enxerga quando a obediência
significa desrespeito e a desobediência
represente respeito.

Há um olhar que reconhece os curtos caminhos longos
e os longos caminhos curtos.

Há um olhar que desnuda, que não hesita
em afirmar que existem fidelidades perversas
e traições de grande lealdade.

Este olhar é o da alma."

[Nilton Bonder/A Alma Imoral]

5 comentários:

  1. Uma bela e bem profunda reflexão! Gostei muito,sempre válida! Ótimo dia! bjs, chica

    ResponderExcluir
  2. Amiga Célia, bem escolhido o texto, a alma nunca se engana, para segui-la é preciso ter paz!
    Amei ler, pois é o que eu também acredito, a alma, ah, ela sempre sabe nos guiar!
    Abraços linda amiga!

    ResponderExcluir
  3. Muito bonito. Bela escolha. Eu chamar-lhe-ia «consciência».

    Beijinho.

    ResponderExcluir
  4. Muito perspicaz, muito interessante e muito bem escrito.
    Ser poetiza, também é ser psicóloga...
    Excelente, Célia.
    Abraço.
    ~~~

    ResponderExcluir
  5. Bela reflexão, esse olhar da alma é muito profundo.
    Um grande abraço!!!
    Paz e Luz!!!

    Anna Lírios em Letras

    ResponderExcluir

Seu comentário evidencia o seu 'pensar'.
Saiba que aprendo muito com você.
Obrigada, meu abraço,
Célia Rangel,
Autora responsável pelo blog.
Obs.: NÃO POSTAREI COMENTÁRIOS ANÔNIMOS.