sábado, 3 de setembro de 2016

Reflexão...

EU, TU, ELE, ELA... SOMOS CORRUPTOS?

Lauro Daros

Acredite, o povo pode ser tão corrupto quanto os políticos. Diariamente as pessoas praticam pequenas corrupções muitas vezes sem se darem conta e sem remorsos.

No Brasil, ser “esperto” é um valor, em vez de ser uma vergonha.

Inúmeros exemplos podem ser citados: furar fila, colar na prova, apresentar atestado médico falso, roubar TV a cabo, não dar nota fiscal, subornar o guarda para não pagar multa, passar sinal vermelho no trânsito, estacionar em lugar proibido, comprar produtos falsos, utilizar assentos reservados para idosos, dar/aceitar troco errado, falsificar assinaturas e documentos, comprar carteira de motorista, vender produtos acima do preço, não aceitar pagar o preço justo por um produto, fazer “corpo mole” no trabalho, fazer o empregado trabalhar mais e não pagar as horas, etc, etc, etc...

Uma das grandes corrupções é o salário mínimo. Salário mínimo é tragédia. Salário mínimo é pecado, porque as pessoas e famílias não têm condições de viver com dignidade.

É preciso recuperar a virtude chamada “escrúpulo”, que significa ter vergonha de ser desonesto. A falta de escrúpulos leva o cidadão e as instituições a perderem a vergonha de cometer atos ilegais e atos imorais.

Sim, o povo pode ser tão corrupto quanto os políticos. O tamanho do ato não importa. O espírito é o mesmo. A cultura da corrupção é um desastre para qualquer país.


Eu, tu, ele, ela... somos corruptos?

10 comentários:

  1. Lindo e reflexivo texto e se pararmos pra pensar, quanto de corrupção vemos nas pequenas coisas por aí! bjs, chica

    ResponderExcluir
  2. Olá,Célia,boa noite...sim,claro que entendi perfeitamente o contexto do belo texto do L.Daros, e nesse caso,respondo a pergunta ,com todos estes fatos concretos acima citados, dizendo que nós mesmos fazemos parte desse (de um/diverso ) esquema de corrupção. Porém, destarte, com a ressalva , que não se pode enquadrar todos em um mesmo rol , pois,temos que admitir que há inúmeros elementos de corrupção e nem podemos dizer que somos todos dotados de mau-caráter e falta de escrúpulos, buscando tão somente portentosa valorização pessoal e financeira e tanto o qual, combalir outrem ou erário. Claro que muitas vezes, sem se dar conta e sem remorsos.
    E mesmo que povo possa ser tão corrupto quanto o político,infelizmente,ainda vota tão errado,que dá a caneta e o poder, à esses, poderem cometer sempre a maior corrupção: o salário mínimo ...
    Obrigado pelo carinho,feliz domingo, belos dias,abraços!

    ResponderExcluir
  3. Uma citação muito oportuna e interessante.
    Quando os mais altos representantes da nação não dão exemplo,
    fica difícil controlar a corrupção...
    ~~~ Abraço, Célia ~~~

    ResponderExcluir
  4. Grande verdade. O errado não está certo. Parece óbvio, mas, errado é sempre o outro, corruptos são os políticos... E o sacrossanto cidadão comum, vai cultivando seu faz de conta e votando errado em seus iguais.

    Um abração e uma boa semana.

    ResponderExcluir
  5. Estou cansada de nosso país!!!
    Bjbj Lusette

    ResponderExcluir
  6. Que ótimo texto de grande verdade Célia.
    Quanta corrupção vemos em todos os lugares, já virou doença contagiosa!
    Um grande abraço, e uma feliz semana!
    Mariangela

    ResponderExcluir
  7. OI CÉLIA!
    É TRISTE MAS TEMOS QUE ADMITIR A VERDADE, UM PAÍS ONDE OS POLÍTICOS SÃO CORRUPTOS E O POVO, NA GRANDE MAIORIA TAMBÉM, POR ONDE COMEÇAR A MELHORAR ISSO?
    ACHO QUE, O PRIMEIRO PASSO É CADA UM FAZER SUA PARTE, COMEÇANDO POR SUA CASA/FAMÍLIA E AÍ QUEM SABE.
    MUITO BOM TEU TEXTO, FAZENDO-NOS PENSAR.
    ABRÇS
    http://zilanicelia.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Minha querida Célia, infelizmente por cá acontece exatamente o mesmo...

    Muito triste!

    ResponderExcluir
  9. É, ser honesto está fora de moda né? Pensemos! Beijos

    ResponderExcluir
  10. Esse texto está coberto de razão, é claro que a corrupção também está no povo e igualzinho foi citado! E subiu ao poder, piora o cidadão! O que disse Rui Barbosa, serve como uma luva a uma parte do povo.

    VERGONHA

    De tanto ver triunfar as nulidades,
    de tanto ver prosperar a desonra,
    de tanto ver crescer a injustiça,
    de tanto ver agigantarem-se os poderes nas mãos dos maus,
    o homem chega a desanimar da virtude,
    a rir-se da honra, a ter vergonha de ser honesto.
    (Rui Barbosa)

    Beijo, Célia.

    ResponderExcluir

Seu comentário evidencia o seu 'pensar'.
Saiba que aprendo muito com você.
Obrigada, meu abraço,
Célia Rangel,
Autora responsável pelo blog.
Obs.: NÃO POSTAREI COMENTÁRIOS ANÔNIMOS.