sexta-feira, 9 de dezembro de 2016

Simplesmente, feliz...

Como não te amar
Não acreditar em teu olhar
Há um eterno penhor do amor
Entre nós.
Onde estiver estarei em teu pensamento...
O envolvimento é coisa séria.
A gente não pede não busca.
Ele contagia é endêmico.
É na verdade a fonte da saudade,
De dias vazios a espera de mais, muito mais.
Tua estrela é a que mais brilha!
Saiba disso.
Tua sorte é de muita luz.
Tua fé esmaga o obscuro.
Tua vida segue o caminho.
Da verdade, da paz, e da persistência.
Anoitece e o perdão é a moldura
Das estrelas que guiam o teu caminho.
Deixe ficar abandona-te ao nada,
Que aos poucos tua existência será fortalecida.
Deixe brilhar – tu és capaz!

Célia Rangel



12 comentários:

  1. Apesar das dificuldades o amor traz alento no fim das tardes! beijos

    ResponderExcluir
  2. Célia, bom dia
    Lembrei Neruda: "Porém chega a hora da vingança, e te amo"
    Abraços...

    ResponderExcluir
  3. Olá, Célia.

    O amor é o caminho, a luz a nortear o caminhar rumo à simplicidade complexa de buscar ser feliz.

    Um abração e um bom fim de semana.

    ResponderExcluir
  4. Carlos Drummond de Andrade com toda a sua generosidade e simplicidade! Igual a você, Célia amiga!

    Beijinho

    ResponderExcluir
  5. Saber ser, simplesmente, feliz,
    Tem ciência que a Vida ensinou.
    Quando a Vida já nada nos diz,
    É aí que a Vida parou.



    Beijo, Célia
    SOL

    ResponderExcluir
  6. Deixe ficar abandona-te ao nada,
    Que aos poucos tua existência será fortalecida.
    Deixe brilhar – tu és capaz!

    Perfeito, Célia! Devemos nos dar essa oportunidade, o maior bem que podemos nos conceder, é deixar acontecer.
    beijo!

    ResponderExcluir
  7. Célia,
    que delicia de texto!
    Simplesmente feliz...
    simples assim.
    Bjins
    Catiaho Alc.

    ResponderExcluir
  8. Um poema maravilhoso inspirado nas palavras de Drummond...
    É a verdadeira felicidade desta vida.
    Lindo e incentivador, Célia!
    Dias muito felizes.
    Abraço.
    ~~~

    ResponderExcluir
  9. Boa noite, amiga! Mas agora veja a sorte dos sem-abrigo, pelo Natal - https://vieiracalado-poesia.blogspot.pt/2016/12/natal-dos-sem-abrigo.html Saudações natalícias!.

    ResponderExcluir
  10. Olá,Célia...boa tarde...mui, belo, sim, acredito piamente que a verdadeira felicidade não se planeja, ela simplesmente acontece!Simplesmente, assim!
    creio ser a minha última participação aqui-em 2016-,agradeço pela valiosa interação neste ano,esperando a continuidade em 2017, meus desejos de Boas Festas e abençoado 2017, para ti e familiares,
    Belos dias,abraços,T+!

    ResponderExcluir
  11. Muita paz e saúde no natal e em todos os dias do ano! Que o verdadeiro sentido do amor seja presente em todos os momentos, sempre! Felicidade. Ives Vietro

    ResponderExcluir
  12. O Amor nos norteia e nos faz viver! Beijos

    ResponderExcluir

Seu comentário evidencia o seu 'pensar'.
Saiba que aprendo muito com você.
Obrigada, meu abraço,
Célia Rangel,
Autora responsável pelo blog.
Obs.: NÃO POSTAREI COMENTÁRIOS ANÔNIMOS.