sexta-feira, 3 de fevereiro de 2017

Tempo de Deus


Antes?
Depois?
Não existe.
Mas para nós, tempo é cronometrado segundo nossas vontades... Achamo-nos “senhores do tempo”! Queremos determinar.
Quanta ilusão...
O ato de criação divina que a tudo prevê e provê, designa o momento da existência desde uma folha de árvore que brota radiante e de repente, cai... até nosso nascimento gerado pelos pais que nos deram a vida. E, o tempo da nossa morte.
Deus já sabia da nossa aparência, voz, aptidões, bloqueios, alegrias e tristezas... Somos um quebra-cabeça. Aos poucos, vamos recebendo nossas peças para montá-lo.
A última peça – o ato de morrer – quando encaixada no lugar – completará a beleza do ato divino da criação!
É a nossa principal viagem nessa vida.
Transporte: Nossa alma.
Na mala: Fé. Amor. Aceitação. Audácia. Esperança. Humildade. Prudência. Sabedoria...
Destino: Eternidade.

Célia Rangel
Fonte: John Powell
            Alfonso Milagro


3 comentários:

  1. Bom dia Célia!
    Gostei muito do seu texto, parabéns!
    Um abraço e bom final de semana.

    ResponderExcluir
  2. Ninguém é dono do tempo...E a única coisa que sabemos é que chegará o tempo da eternidade! bjs, chica

    ResponderExcluir
  3. A Meditação é um exercício que desenvolve a capacidade de "conhecer" e dirigir a Vida. Este texto dá o mote para se iniciar uma nova viagem ou (quem sabe?) abrir um novo percurso.
    O tempo, esse, vai-se esgotando e é preciso ter consciência segura do seu valor.
    Gostei.

    Beijo
    SOL

    ResponderExcluir

Seu comentário evidencia o seu 'pensar'.
Saiba que aprendo muito com você.
Obrigada, meu abraço,
Célia Rangel,
Autora responsável pelo blog.
Obs.: NÃO POSTAREI COMENTÁRIOS ANÔNIMOS.