sábado, 18 de março de 2017

VIAGEM


Dentro de mim mora um anjo
Que se disfarça no celestial
Na verdade ele é o oposto

E vem me fustigar

Fui escolhida e nele vivo

Nem sempre concordo com suas intenções

Mas ele assim o quer

Pulso, debato, aponto direções

Mas há um plano a ser efetivado

De nada ou pouco adianta

Ferver em considerações

Ele tem o manual da viagem

E o coloca em prática

Eu sozinha então me retiro

E me afundo em pensamentos

Escolho um tempo decantado no amanhã

Destilando novos caminhos em outros projetos



Celia Rangel

7 comentários:

  1. Essa é a viagem da nossa vida.Nem sempre gostamos ou concordamos com os "mapas"...Mas...Seguimos! bjs, chica, lindo fds!

    ResponderExcluir
  2. A viagem da vida.
    Maravilhosa poesia.
    Bom fim de semana
    Maria

    ResponderExcluir
  3. Indubitavelmente original e expressivo este poema
    que fala de um anjo que existe em si...
    Uma metáfora muito muito inteligente, Célia.
    Abraço
    ~~~

    ResponderExcluir
  4. Ah... Essa é a viagem que não pode dar errado, é a luta constante entre o sim e o não. Difícil? Sim, sempre difícil no começo, depois colheremos as rosas - sem os espinhos. E tudo nesse nosso caminhar é meio sofrido, estrada dura de escolher para o nosso caminhar, e como diz Quintana... desse já tão longo caminhar.
    Beijo, Célia, um bom domingo!

    ResponderExcluir
  5. Oi Celia nossa vida é uma viagem. Linda poesia, parabéns, Bjs e um bom domingo

    ResponderExcluir
  6. O Anjo que há em ti
    É o mesmo que te guia.
    Umas vezes, te alumia;
    Outras, (já pressenti)
    Foram só de companhia.


    Beijo
    SOL

    ResponderExcluir
  7. Ahhh anjos... devo muito ao meu!
    Grande abraço Célia!

    ResponderExcluir

Seu comentário evidencia o seu 'pensar'.
Saiba que aprendo muito com você.
Obrigada, meu abraço,
Célia Rangel,
Autora responsável pelo blog.
Obs.: NÃO POSTAREI COMENTÁRIOS ANÔNIMOS.