terça-feira, 4 de abril de 2017

Amor pleno

O amor verdadeiro não tem fórmula e muito menos receita com seus ingredientes para tudo dar certo.


O verdadeiro amor desperta primeiro em você e por você para depois atingir ao outro. Primeiro, o olhar é uma fonte de permissão para ele chegar. Depois, a expressividade, a inteligência e a fala induzem à admiração. O modo de ser, seus conceitos e sua ética contribui para fechar o esboço amoroso por uma pessoa. Tudo isso requer convivência, troca, encontro, afetividade, muito respeito, cumplicidade e, responsabilidade pela vida que você está encantando e sendo encantado. Se isso tudo acontecer de ambas as partes, sem prazo de validade, sem cobranças, com muita tolerância e perdão – chegamos à plenitude do amor verdadeiro. 

E mais: não é o sexo que envolve e confirma um amor. Esse apenas complementa... E, quando não nos é dado o gozo sexual, completa-se até e muito com um olhar, um carinho, uma palavra afetuosa, um encantamento, uma adoração que faz parte da magia de viver...
A vida é plena de amor! Basta que saibamos encontrá-lo deixando-nos contaminar por ele.
Célia Rangel
(flor do amor perfeito)

7 comentários:

  1. Tens toda razão. Inexistem fórmulas...Basta deixar que aconteça e saber mantê-lo perto de nós! bjs, chica

    ResponderExcluir
  2. O sexo é a consequência do amor! beijos

    ResponderExcluir
  3. Lindo texto pleno da essência da vida que é o amor e a cada palavra, frase lida, esse sentimento palpita forte em nosso peito. Parabéns pelo belíssimo texto. Abraços!

    ResponderExcluir
  4. Precisamos enxergar mais o amor entre nós para melhor vivenciá-lo! Grande abraço!

    ResponderExcluir
  5. Boa noite, querida Célia!
    O amor vem das duas partes e enriquece os doadores...
    Bjm muito fraterno

    ResponderExcluir
  6. Uma dissertação muito real... muito verdadeira... perfeita.
    Estamos em completa sintonia.
    Abraço de afeto e admiração.
    ~~~~~~~~~~

    ResponderExcluir
  7. Linda esta expressão do verdadeiro amor! Beijos

    ResponderExcluir

Seu comentário evidencia o seu 'pensar'.
Saiba que aprendo muito com você.
Obrigada, meu abraço,
Célia Rangel,
Autora responsável pelo blog.
Obs.: NÃO POSTAREI COMENTÁRIOS ANÔNIMOS.