quarta-feira, 12 de abril de 2017

AQUÉM DA ETERNIDADE



O Planeta é tudo o que agora tenho.
Não sei, mas quando penso na eternidade,
começo a sentir saudades do meu Planeta.
Onde está o meu coração?
Para onde dirijo meu olhar?
Em que invisto minhas energias?
Enfeito as pessoas com a minha beleza?
Morre-se de tanto trabalhar,
de tanto estudar,
de tanto sonhar.
Morre-se de tanta coisa.
Mas alguém sabe morrer de tanto viver?

Ir. Lauro Daros, setembro de 2010 

9 comentários:

  1. Lindo e reflexivo texto! bjs, chica

    ResponderExcluir
  2. O Planeta é tudo o que agora tenho.
    Que lindo esse poema, Célia, um chamado, uma confissão, um desabafo, uma cumplicidade com o planeta?
    Morre-se de tudo. É uma lástima. Procuro uma razão para uma vida tão curta...Não tem como eu não pensar nisso. Se vivêssemos uns 500 anos já entenderia a razão de lutarmos por tantas coisas, de trabalharmos tanto. Da humanidade sofrer tanto. Mas quando atingimos um estado de maturidade e de paz, está na hora de morrer.
    Beijo, uma ótima Páscoa.
    Taís

    ResponderExcluir
  3. Que lindo, amei ler aqui amiga Célia, nossa, adoraria morrer de tanto viver!
    Conheço uma senhorinha, ela é bisavó de uma das minhas netas, ela fez 93 anos dia 16 de março, pisciana também, assim com eu, ela me disse que ainda pretende viver bem mais, estou citando aqui porque ela me disse bem assim, "quero viver até me cansar", ela ainda está bem e não cansada,limitada, mas não cansada!
    Abraços apertados!
    Ivone

    ResponderExcluir
  4. O que seria morrer, querida poeta? Viver eu imagino, estou vivo!
    Abraço grande.

    ResponderExcluir
  5. Boa tarde Célia! Seu texto é muito profundo e repleto de sabedoria. Abraços carinhosos!

    ResponderExcluir
  6. "Mas alguém sabe morrer de tanto viver" - tão profundamente verdade e tão insensatamente esquecido!
    Oxalá eu não me esqueça!
    Belíssima partilha!
    Bjo, Célia :)

    ResponderExcluir
  7. Um excelente poema com uma pergunta final bem inquietante.
    Gostei imenso, parabéns pelo talento.
    Tem uma Páscoa Feliz, amiga Célia.
    Beijo.

    ResponderExcluir
  8. A vida não está fácil, e temos vários questionamentos.

    Uma maravilhosa Páscoa .

    bjokas =)

    ResponderExcluir

Seu comentário evidencia o seu 'pensar'.
Saiba que aprendo muito com você.
Obrigada, meu abraço,
Célia Rangel,
Autora responsável pelo blog.
Obs.: NÃO POSTAREI COMENTÁRIOS ANÔNIMOS.