segunda-feira, 17 de abril de 2017

Elimine


... os pertences inúteis da vida
... as buscas impossíveis das dúvidas
... as certezas desgastadas das possibilidades
... os rancores armazenados dos desafetos
... a deslealdade dos contatos amorosos
... a lamentação das perdas
... a ostentação dos ganhos
... as tristezas inférteis da vida
... a arrogância ostensiva biográfica
... a ignorância descomedida das ações
... o desamparo provocado pelo ostracismo
... a fatalidade que envolve pensamentos
... o ódio que habita a mente
... a malícia que invade o corpo
... as concessões que escravizam o homem
... a hipocrisia arma dos fracos
... a infidelidade traidora dos sentimentos
... os excessos que destroem o bom senso
Perdoe. Busque a autenticidade do ser.


Célia Rangel

13 comentários:

  1. Tanto temos a eliminar ,a deixar pra trás nas nossas vidas para melhor seguir em frente!! Lindo! bjs, chica

    ResponderExcluir
  2. Célia, permita-me compartilhar a Bíblia e, como existem várias edições, prefiro esta edição do livro dos Filipenses 4:8 :
    "Finalmente, irmãos, tudo o que for nobre, tudo o que for correto, tudo o que for puro, tudo o que for amável, tudo o que for de boa fama, se houver algo excelente ou digno de louvor, pensem nessas coisas." Deus te abençoe pela oportunidade que me dás, ao publicar o seu poema. Um abraço, Yayá.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Yayá!
      Quem agradece sou eu, por essa troca de grande aprendizado!
      Abraço.

      Excluir
  3. Mais uma postagem sua que envolve meu ser de otimismo, abraços ternos!

    ResponderExcluir
  4. Os excessos sempre acabam acarretando algo que não é bom.

    bjokas =)

    ResponderExcluir
  5. Amiga, Célia Rangel !
    Belo texto, de profunda reflexão,
    e que deve ser perseguido, sim, a
    bem da felicidade.
    Parabéns, com o meu carinhoso
    abraço, aqui do Brasil.
    Sinval.

    ResponderExcluir
  6. Aí sim... melhor dos mundos! Abraços, Célia.

    ResponderExcluir
  7. OI CÉLIA!
    METAS IMPORTANTES, QUE VALEM A PENA SEREM PERSEGUIDAS PELO BEM DE UMA VIDA PLENA.
    ÓTIMA REFLEXÃO.
    ABRÇS
    http://zilanicelia.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. É preciso fechar os olhos e navegar nas luzes, e nos sentimentos bons que fluem da nossa essência, para podermos superar as tristezas! linda poesia! beijos

    ResponderExcluir
  9. E julga que isso é fácil de atingir? Quem me dera! Não é fácil, não!

    Beijinhos bem intencionados...

    ResponderExcluir
  10. Só dessa maneira construiremos a verdadeira felicidade, galgada na ética, no amor, na amizade, na solidariedade, nas verdades. O resto pode ser descartado. E isso, além de beneficiar os que conosco convivem, somos os primeiros a colher os resultados...Uma vida muito diferente, sem dúvida.
    Beijo, Célia.

    ResponderExcluir
  11. são muitas coisas de que são necessário desapegar...ótima reflexão Célia!

    ResponderExcluir
  12. Pois isto não nos leva a nada! Gostei! Beijos

    ResponderExcluir

Seu comentário evidencia o seu 'pensar'.
Saiba que aprendo muito com você.
Obrigada, meu abraço,
Célia Rangel,
Autora responsável pelo blog.
Obs.: NÃO POSTAREI COMENTÁRIOS ANÔNIMOS.