terça-feira, 27 de junho de 2017

Caminhante, sempre...


Abri um caminho entre nós
Entrelacei nossas mãos e seguimos
Rumo ao horizonte de nossas vidas
Foi lindo demais
O Sol aquecia-nos
Nuvens levavam nossos pensamentos
Em longas viagens
O pedágio era nossa ternura
E quando a vida nublava
Esperávamos a Lua que com seu magnetismo
Que a tudo envolvia
Vivenciamos...
E no reencontro o encontro
Belo e festivo em mim
No caminho infinito.


Célia Rangel



14 comentários:

  1. Bom dia querida Célia, que lindo e leve poema, essa sensação de reencontro, amo sentir que há isso entre almas, reencontros, revendo sensações ricas e que nos dão sustentação para a vida, viver a vida é saber sentir, bem sabes minha amiga poetisa!
    Abraços apertados! 😗

    ResponderExcluir
  2. LINDO e o reencontro belíssimo! bjs, chica

    ResponderExcluir
  3. Palmilhar o caminho lado a lado é como tocar o etéreo...
    Lindo!
    Bjinho

    ResponderExcluir
  4. Oi, querida Amiga/Poetisa, Célia Rangel !
    Consigo deduzir, nas entre linhas deste
    belo Poema, a sutil essência do que não
    escreveste...
    Parabéns, com o meu fraterno abraço, aqui
    do Brasil.
    Sinval.

    ResponderExcluir
  5. Quisera uma estrada assim... não só pra mim, mas pra toda a humanidade, né? Abraços, Celia.

    ResponderExcluir
  6. Olá, Célia.

    O caminho a sós, a dois, o caminho da vida, a vida do caminhar.

    Um abraço.

    ResponderExcluir
  7. O caminho faz-se caminhando, alguém o disse...
    Belo poema, gostei muito.
    Célia, tem um bom resto de semana.
    Beijo.

    ResponderExcluir
  8. Sempre nesta bela e desafiante caminhada! Grande abraço!

    ResponderExcluir
  9. De mãos entrelaçadas, o caminho torna-se suave e doce.
    Amei, Célia.


    Beijo
    SOL

    ResponderExcluir
  10. Um caminho. As mãos que se apertam até sentirem o bater do coração...
    Muito belo!
    Beijos.

    ResponderExcluir
  11. Olá amiga, passando para matar saudade das suas maravilhosas postagens que proporcionas aos visitantes. Linda poesia que retrara o reencontro.
    Um final de semana feliz e uma nova semana abençoada com muita saúde e esperanças de dias melhores.
    Abraços da amiga Lourdes Duarte.

    ResponderExcluir
  12. Olá amiga, passando para matar saudade das suas maravilhosas postagens que proporcionas aos visitantes. Uma linda poesia que retrata o reencontro de corações apaixonados.
    Um final de semana feliz e uma nova semana abençoada com muita saúde e esperanças de dias melhores.
    Abraços da amiga Lourdes Duarte.

    ResponderExcluir
  13. Temos que esperar o sol voltar e retornar! Belo! Beijos

    ResponderExcluir

Seu comentário evidencia o seu 'pensar'.
Saiba que aprendo muito com você.
Obrigada, meu abraço,
Célia Rangel,
Autora responsável pelo blog.
Obs.: NÃO POSTAREI COMENTÁRIOS ANÔNIMOS.