quinta-feira, 8 de junho de 2017

Presságio


O AMOR, quando se revela,
 Não se sabe revelar.
 Sabe bem olhar p'ra ela,
 Mas não lhe sabe falar.

 Quem quer dizer o que sente
 Não sabe o que há de dizer.
 Fala: parece que mente...
 Cala: parece esquecer...

 Ah, mas se ela adivinhasse,
 Se pudesse ouvir o olhar,
 E se um olhar lhe bastasse
 P'ra saber que a estão a amar!

 Mas quem sente muito, cala;
 Quem quer dizer quanto sente
 Fica sem alma nem fala,
 Fica só, inteiramente!

 Mas se isto puder contar-lhe
 O que não lhe ouso contar,
 Já não terei que falar-lhe
 Porque lhe estou a falar...

Fernando Pessoa

8 comentários:

  1. Um grande poema de um grande poeta.
    Bom fim de semana, amiga Célia.
    Beijo.

    ResponderExcluir
  2. Um poema lindo, Fernando Pessoa realmente possui textos ótimos!!
    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Não conhecia! Muito bonito! As voltas e reviravoltas de Pessoa são únicas!! Obrigada por mo dar a conhecer.

    Beijinhos pessoanos...

    ResponderExcluir
  4. Foi cantado pelo nosso premiado da Eurovisão.
    É um poema muito humano, belo e inesquecível.
    Também tenho hoje FPessoa num registo muito diferente.
    Saudações poéticas.
    Abraço.
    ~~~

    ResponderExcluir
  5. Que bela postagem, Fernando Pessoa está entre os meus preferidos, sabe dizer, sabe chegar...
    Beijo, Célia! Um bom fim de semana.

    ResponderExcluir
  6. Obrigado, Célia. Por mais essa bela citação de Pessoa. Poeta imortalizado em seus magistrais versos.

    Um abraço e bom fim de semana.

    ResponderExcluir
  7. O nosso Fernando Pessoa não é só nosso. É universal. Eis um poema bem representativo!
    Bjinho, amiga :)

    ResponderExcluir
  8. Célia
    Pessoa, é um poeta do mundo da lusofonia, à dimensão do mundo global. Lisboa lhe deve uma estátua, como a de Camões, que tem hoje (10 de Junho) o seu feriado, em Portugal.
    Beijos

    ResponderExcluir

Seu comentário evidencia o seu 'pensar'.
Saiba que aprendo muito com você.
Obrigada, meu abraço,
Célia Rangel,
Autora responsável pelo blog.
Obs.: NÃO POSTAREI COMENTÁRIOS ANÔNIMOS.